27 abr 2005 - 21h49

Dagoberto: "Vou voltar e dar alegrias à torcida atleticana"

O atacante Dagoberto concedeu uma entrevista coletiva no final da tarde desta quarta-feira no CT do Caju. Acompanhado do médico Paulo Roberto Brofman e do coordenador técnico Antonio Carlos Gomes, o jogador atleticano prestou esclarecimentos sobre sua recuperação clínica e seu estado psicológico.

Durante a última semana, alguns veículos de comunicação divulgaram que Dagoberto estava triste, chateado com a demora na recuperação de sua cirurgia e que ele teria ido aos Estados Unidos para se submeter a uma nova intervenção cirúrgica. Ele negou tudo isso e foi além. Disse que estava muito feliz e que a recuperação estava dentro do prazo previsto.

"Para mim, é uma satisfação chegar ao CT e ver que estou conseguindo fazer coisas que há seis meses eu não conseguia. Então, a cada dia de trabalho no CT, eu saio muito feliz", afirmou o jogador, que se machucou no final do ano passado, em um jogo contra o Paraná Clube na Baixada.

Sobre o fato de supostamente estar chateado com a contusão, Dagoberto foi enfático. "Eu tive tantas coisas boas na vida e esta foi apenas uma pedra no meu caminho. Então, não tem porque eu abaixar a minha cabeça. Estou muito motivado para trabalhar e voltar a jogar", disse ele, que ficou satisfeito por saber que todos estão aguardando seu retorno ao futebol. "É bom saber que todos confiam no seu futebol e contam com você", declarou.

Sucesso da cirurgia

O departamento médico atleticano afirmou que a cirurgia de Dagoberto foi bem-sucedida. "No último mês de março, o Prof. Freddie Fu, conforme estava programado, reavaliou o atleta e, confirmou o sucesso do tratamento cirúrgico através de exame clínico e de imagem, mantendo a previsão inicial de reabilitação", disse Paulo Brofman, chefe do DM atleticano.

Brofman explicou também qual a rotina de trabalho de Dagoberto. "Atualmente, o atleta encontra-se no quinto mês de pós-operatório, e está realizando trabalhos dentro do estabelecido: fortalecimento muscular progressivo, corridas de intensidade leves para moderadas aproximadamente de 20 minutos, exercícios proprioceptivos com bolas utilizando fundamentos do futebol e de alongamentos para os membros inferiores. Paralelo ao trabalho fisioterapêutico o atleta realiza atividades de condicionamento físico global com a preparação física, e não apresentou até o presente momento nenhuma complicação pós-operatória", comentou, em nota distribuída pela assessoria de imprensa.

Previsão de retorno

Dagoberto evitou fazer previsões quanto ao seu retorno. Perguntado sobre o prazo estabelecido pelos médicos, Dagoberto respondeu o seguinte: "Estou fazendo tudo dentro do cronograma estabelecido, estou até um pouco adiantado. Vou voltar quando o meu joelho estiver bem".

Porém, o coordenador técnico Antonio Carlos Gomes foi menos evasivo. "Creio que dentro de 30 a 60 dias ele já volte a treinar com bola", estimou. Gomes explicou que Dagoberto está na transição entre a terceira e a quarta das cinco fases programadas para a recuperação do atleta. Nesta fase, ele está se dedicando à fisioterapia e à recuperação física. A quarta fase será de condicionamento físico e levará cerca de 30 dias. Finalmente, ele passará pela fase cinco, de treinamento tático, já passando a trabalhar com os demais atletas.

Mais importante do que tudo isso foi a vontade expressada pelo jogador de voltar a vestir a camisa rubro-negra. "Eu vou voltar e fazer o meu melhor, como sempre. As pessoas falam que eu vou sair, mas eu tenho contrato com o Atlético até 2007 e eu estou muito feliz aqui, como sempre estive. Vou voltar e dar muitas alegrias à torcida atleticana", disse.

Estamos na torcida. Volte logo, Dagoshow!



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…