1 maio 2005 - 17h57

Derrota na Serra

Precisando se recuperar no Campeonato Brasileiro, o Atlético, ainda com alguns desfalques, foi a Caxias do Sul enfrentar o Juventude, que havia empatado na primeira rodada com o Corinthians. A situação do rubro-negro começou a ficar complicada logo no começo do jogo. Aos 8 minutos Durval cometeu falta na entrada da grande área. Na cobrança, Edu Silva acertou o travessão, a bola bateu dentro do gol e depois saiu. Corretamente o auxiliar validou o gol.

Após o gol, o Atlético melhorou um pouco e igualou as ações, mas não conseguia chegar com perigo ao gol de Doni. A partida continuou equilibrada e apenas em lances esporádicos as duas equipes criavam boas chances. Maciel teve a melhor oportunidade atleticana, no entanto o chute acabou indo para fora.

O nível técnico da partida continou fraco, sem muita objetividade pelo lado rubro-negro, que não soube aproveitar as chances de contra-ataque. Por sinal, a melhor jogada aconteceu pelo lado do Juventude. Zé Rodolpho ficou cara a cara com Diego, mas não aproveitou e a partida terminou com a vitória magra de 1 a 0 para os gaúchos.

%ficha=418%

Confira os melhores lances da partida
Primeiro tempo
03’ – Enilton cabeceia por cima do gol de Diego
08’ – Edu Silva abre o placar numa excelente cobrança de falta
09’ – Naldo bate falta de longe, mas para fora
18’ – Lima arranca pela esquerda, mas não consegue finalizar
20’ – Fabrício cobra falta e Doni faz boa defesa
22’ – Zé Carlos tem ótima chance, mas chuta torto para o gol
26’ – Maciel perde gol feito após bom passe de Lima
31’ – Baloy falha bisonhamente e Enilton não marca por pouco
34’ – Edu Silva entra na área e cruza mal
44’ – Lima faz boa jogada na área, mas chuta para fora
48’ – Final do primeiro tempo

Segundo tempo
01’ – William chuta cruzado e Diego defende
06’ – Chicão arrancou sozinho pelo meio e chutou para fora
10’ – Fabrício arrisca na cobrança de falta, sem perigo
20’ – Zé Carlos cabeceia livre na área e Diego faz boa defesa
27’ – Caetano fez boa jogada, mas Doni interrompeu o cruzamento
43’ – Diego fez excelente defesa no chute de Zé Rodolpho.
46’ – Baloy isola a bola na sobra de Doni
50′ – Final do jogo



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…

Fala, Atleticano

Foi épico

Assim, como o jogo de Santiago contra a Universidad Católica, estará para sempre na memória de qualquer atlheticano… O que aconteceu ontem na Bolívia, também..…