6 maio 2005 - 0h58

Time precisa de duas semanas para entrar em forma

Quem assistiu aos dois primeiros jogos do Atlético no Campeonato Brasileiro não pôde deixar de reparar: o time não atingiu o preparo físico ideal. Na linguagem popular do futebol, os jogadores "estão botando a língua para fora". As dificuldades surgem especialmente na etapa final, quando o cansaço pesa mais.

O problema físico foi apontado pelo próprio técnico Edinho depois da derrota para a Ponte Preta em casa. Depois, o supervisor Antônio Carlos Gomes culpou a maratona de jogos pelo declínio físico do elenco.

Nesta quinta-feira, a Gazeta do Povo e o Estado do Paraná publicaram reportagens tratando do tema a partir de declarações do preparador físico Márcio Meira. "Quando chegamos aqui, jogamos duas partidas da Libertadores e a final do Paranaense. Até aí o desempenho foi brilhante, mas isso acabou prejudicando o andamento do nosso trabalho e entramos no Nacional com duas derrotas", observou.

Para ele, o problema físico acarreta erros de ordem técnica. "Os jogadores têm resistência, conseguem chegar bem até o fim da partida, mas faltava força. Assim, os atletas perdiam cabeçadas, disputas na velocidade", afirma Meira.

A previsão do preparador físico atleticano é de que o elenco esteja na forma ideal dentro de duas semanas. Isso significa que para o jogo contra o Internacional, na Kyocera Arena, o rendimento físico estará dentro do pretendido pela comissão técnica.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…