15 maio 2005 - 18h36

Mais uma derrota: o pior time do Brasil

Atlético e Corinthians entraram em campo na tarde deste domingo na tentativa de fugir da crise instalada nos dois lados. Com três derrotas no Brasileirão e uma goleada na Libertadores, o Rubro-negro precisava vencer paraacalmar sua torcida. Pelo outro lado, a equipe paulista lutava para esquecer a goleada histórica para o São Paulo na rodada passada. A grande novidade da partida foi o atacante Cléo, que fez sua estréia pelo Furacão.

Com a pressão de suas torcidas, os dois times entraram dispostos a apagar a má imagem das últimas partidas e, com muita disposição, os jogadores atleticanos partiram para cima do Corinthians, criando perigo logo no início. Na terceira tentativa saiu o gol rubro-negro. Fabrício chutou direto na cobrança de falta e mandou no canto esquerdo do goleiro Tiago. Com a vantagem, o Atlético caiu de produção e os paulistas equilibraram as ações. Mesmo assim, foram poucas as chances de gol e o primeiro tempo acabou 1 a 0.

Na volta para a segunda etapa, a mudança do técnico Márcio Bittencourt foi fundamental. Ele colocou Bobô no lugar de Wendel e o atacante não decepcionou. Logo aos 4 minutos, Bobô empatou com um gol de cabeça. A pressão corintiana continuou e cinco minutos depois Marcelo Mattos virou a partida. O desespero tomou conta da torcida atleticana na Kyocera Arena. No entanto, o time rubro-negro até teve boas chances para marcar, mas parou nas defesas de Tiago e no travessão após uma cabeçada de Evandro.

A quarta derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro deixa o Atlético na última colocação, sem nenhum ponto ganho. Enquanto diretoria, imprensa e torcida não se entendem, o time permanece sem somar pontos e figurando na zona de rebaixamento.

%ficha=421%

Confira os melhores lances da partida
Primeiro tempo
1’ – Lima tentou chutar de fora, mas o chute saiu fraco
3’ – Aloísio cabeceia fraco para o gol
7’ – Fabrício cobra falta com perfeição e abre o placar!
8’ – Tevez quase marca, mas Baloy desvia o chute
22’ – Fabrício arrisca na cobrança de falta, mas por cima do gol
29’ – Gil recebe sozinho na entrada da área, mas chuta no meio do gol
30’ – Wendell arrisca da intermediária, para fora
40’ – Coelho manda perto do gol em cobrança de falta perigosa
46’ – Carlos Alberto manda de volêio por cima do gol
47’ – Fim do primeiro tempo

Segundo tempo
3’ – Cléo tocou fraco de cabeça para a defesa de Tiago
4’ – Coelho cruza e Bobô empata a partida de cabeça
8’ – Gil chuta cruzado, Diego defende e salva o Atlético
9’ – Carlos Alberto escora cruzamento, mas Jancarlos salva
10’ – Após pressão, Marcelo Mattos vira o placar de cabeça
12’ – Coelho quase marca em cobrança de falta
14’ – Lima cruza para Cléo, mas a zaga tira na hora certa
17’ – Fabrício cobra três escanteios direto com perigo no primeiro pau
27’ – Rodrigo isola a bola na cobrança de falta da intermediária
30’ – Rodrigo toca de letra e deixa Aloísio na cara do gol, que chuta para fora
32’ – Evandro manda de cabeça no travessão
33’ – Rodrigo arrisca de longe, para defesa de Tiago
34’ – Bobô manda de voleio por cima do gol
35’ – Diego defende chute cruzado de Tevez
38’ – Rodrigo chuta forte da esquerda, mas para fora
44’ – Alan Bahia tenta de fora da área
45’ – Aloísio quase marca na saída de Tiago
45’ – Rodrigo chuta perto do gol
48’ – Fim do jogo



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…