18 maio 2005 - 22h29

Preparador físico Riva está de volta ao Atlético

Nove anos de casa e doze títulos conquistados. Não é todo mundo que pode exibir um currículo vitorioso como esse. Carlos de Oliveira Carli, o Riva, pode. Preparador físico experiente e respeitado, Riva chegou ao Atlético em 1994 e viveu de perto a fase de transformação pela qual o clube passou. Foi campeão da Série B em 95, paranaense em 98, 2000, 2001 e 2002, da Seletiva em 99 e do Brasileirão em 2001. Contando com as categorias de base, foram mais cinco títulos.

Três anos depois de deixar o Atlético, Riva está de volta à sua casa. Nesse período, trabalhou no futebol chinês e no Bahia. Desde o início do ano, está morando em Curitiba e torcendo pelo Furacão. Procurado por Mario Celso Petraglia, não hesitou em aceitar a proposta para voltar ao clube e iniciar uma nova fase vitoriosa.

Plano emergencial

"Estou voltando para compor a comissão técnica, retomando aquela filosofia antiga do Atlético de ter uma comissão técnica fixa do clube. Vou trabalhar em harmonia com todos os setores do Atlético", disse ele em entrevista exclusiva à Furacao.com. De tão empolgado, revelou que amanhã mesmo estará na Kyocera Arena para torcer e apoiar o time no jogo contra o Cerro Porteño, ainda que oficialmente só comece a trabalhar na próxima segunda-feira.

Sobre o condicionamento físico da equipe atual, Riva preferiu não tecer comentários mais profundos por falta de dados. "É muito difícil avaliar a equipe à distância. Precisamos fazer uma diagnose para termos uma idéia concreta. Por isso, vamos traçar um plano emergencial, já que o grupo não tem condições de fazer pré-temporada", afirmou, aproveitando para explicar que muitos exercícios não podem ser ministrados porque os jogadores não podem correr riscos de sofrerem uma lesão e desfalcarem o time. Para Riva, o período de folga de cerca de 15 dias que o Atlético terá entre 29 de maio e 12 de junho será fundamental para que os jogadores adquiram o ritmo ideal.

Harmonia

Na época em que Riva deixou o clube, em 2002, comentou-se que ele havia entrado em rota de colisão com o assessor científico Antonio Carlos Gomes. O novo preparador físico atleticano explicou o fato. "Não houve rusga nenhuma, nada grave. É questão apenas de discussão, de diferentes pontos de vistas. Eu tinha total autonomia de trabalho e o meu ponto de vista", comentou. Porém, ele tem certeza de que será construído um ambiente de harmonia entre todos os profissionais do clube.

"Eu trabalhei no Atlético por nove anos e conquistei 12 títulos. Tive um aprendizado muito grande no clube e tive outro aprendizado fora dele. Então, estou voltando disposto a recomeçar um trabalho vitorioso, trabalhando com total autonomia, mas em conjunto com todas as equipes multidisciplinares do Atlético", disse o preparador físico.

Por estar chegando motivado e sem a pressão dos últimos dias, Riva acredita que dará uma contribuição importante ao grupo. "Estou vindo com outra cabeça, de fora dessa situação. Por isso, quero colocar minha filosofia de trabalho que é baseada sempre no lado positivo, sem tititi. Precisamos ter tranqüilidade". Do atual elenco atleticano, Riva já trabalhou com Tiago Cardoso, Alan Bahia, Cocito, Fabrício, Rodriguinho e Dagoberto.

Ficha técnica
Nome completo: Carlos de Oliveira Carli (Riva)
Local de nascimento: Lagoa Vermelha (RS)
Data de nascimento: 18/06/1953
Clubes: Pinheiros, Coritiba, Atlético (1994 a 2002), Beijing Guoan, Shanxi Guoli e Bahia



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…