24 maio 2005 - 16h44

Zagueiro Adriano, do Galo, está na mira do Furacão

O zagueiro Adriano, do Atlético Mineiro, pode ser o próximo reforço do Atlético para o Campeonato Brasileiro 2005. O jogador, que é titular do Galo, entrou em rota de colisão com a torcida depois de suas mais recentes atuações. Adriano já marcou dois gols contra neste Brasileiro: um contra a Ponte Preta e outro contra o Santos, na rodada do último final de semana.

Diante disso, a diretoria do Atlético Mineiro passou a procurar reforços para a defesa e anunciou nesta terça-feira a contratação de Marquinhos, ex-Corinthians. Cáceres, do Nantes, também está proximo de acertar. Assim, a liberação de Adriano ficou facilitada. “O procurador dele entrou em contato comigo falando de algumas possibilidades e eu disse que poderíamos analisar, mas, por enquanto, não tem nada de concreto”, afirmou Humberto Ramos em entrevista ao jornalista Rodrigo Fonseca, do portal mineiro Superesportes.

Segundo a reportagem do Superesportes, o procurador de Adriano, o ex-atacante do Atlético Carlinhos Sabiá, esteve em Curitiba no último final de semana para tratar da transferência do atleta para o Furacão. Adriano, que começou sua carreira jogando como pivô no futsal, já jogou cinco partidas pelo Atlético-MG neste Brasileiro e pode atuar por mais uma para atingir o limite. O regulamento da competição proíbe que um jogador troque de clube no meio do campeonato caso tenha atuado em mais de seis partidas.

Ficha técnica
Nome completo: Adriano Duarte Mansur da Silva
Posição: zagueiro
Data de nascimento: 29/01/1980
Local de nascimento: Ponte Nova (MG)
Altura: 1.84 m – Peso: 80 kg
Clubes: América-MG e Atlético Mineiro



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…