16 jun 2005 - 1h55

Gallo jogou a toalha aos 28 do segundo tempo

O técnico Gallo, do Santos, sabia que seria muito difícil superar o Atlético, mesmo jogando na Vila Belmiro. Antes do jogo desta quarta-feira à noite, pelas quartas-de-final da Libertadores da América, Gallo fez questão de dizer que o Furacão era favorito para obter a classificação.

Na hora do jogo, o treinador santista reconheceu a inevitável derrota aos 28 minutos do segundo tempo. Segundo o repórter Abel Neto, da Rede Globo, Gallo deixou escapar o seguinte comentário: "Assim não dá, o time está morto".



Últimas Notícias