16 jun 2005 - 0h57

Torcida atleticana fez a festa na Vila Belmiro

A torcida atleticana deu nesta quarta-feira mais uma prova de seu fanatismo e protagonizou um belo espetáculo em um dos estádios mais tradicionais do país, a Vila Belmiro. Cerca de dois mil atleticanos lotaram o espaço destinado à torcida visitante no estádio do Santos e empurraram o Atlético para a brilhante vitória por 2 a 0. Com esse resultado, o Furacão se classificou para a semifinal da Libertadores da América. A Torcida Os Fanáticos, a Ultras do Atlético e a Confraria do ETA organizaram excursões de ônibus para o litoral paulista. Outros torcedores seguiram de carro e alguns foram de avião.

Quem assistiu ao jogo pela televisão pôde ouvir claramente os gritos dos torcedores rubro-negros durante toda a partida. Mesmo em maioria, os santistas não conseguiram fazer a mesma pressão que os atleticanos proporcionaram no jogo de ida, na Kyocera Arena. Aos 29 minutos do segundo tempo, os atleticanos passaram a gritar "olé" e deixaram os donos da casa ainda mais irritados. Aos 36, foi a vez do tradicional "e-li-mi-na-do", destinado aos times que não seguem adiante nas competições. Os alvinegros tentaram responder com gritos de "bicampeão", mas a citação à conquista do título brasileiro do ano passado só serviu para relembrar que a vitória desta quarta-feira definiu o tira-teima entre os dois melhores times do futebol brasileiro. Nos últimos cinco jogos, o Atlético venceu três, o Santos um e houve um empate.

No finalzinho da partida, a torcida rubro-negra fez a festa ao som de "ai, ai, ai, está chegando a hora", contando os minutos para o término do jogo. Depois do apito final, por medida de segurança, a Polícia Militar só liberou os torcedores atleticanos para deixarem o estádio uma hora após o final da partida.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…