22 jun 2005 - 0h13

Todos juntos, vamos; pra frente Furacão

Torcedor atleticano, nesta quinta-feira acontece o jogo mais importante da história do Atlético. Pela primeira vez, temos a oportunidade de chegar à final da Copa Libertadores da América, a competição mais importante do continente.

Portanto, é uma chance única para ajudarmos esse clube que tanto amamos. No jogo de volta, no México, o Chivas certamente contará com o apoio de sua torcida. Por isso, temos de fazer a nossa parte no primeiro jogo. Apoiar o Atlético durante os 90 minutos de jogo contra o Chivas. Em pé, gritando, vibrando, suando junto com os jogadores.

Está em jogo a possibilidade de o Atlético escrever seu nome na história do campeonato mais importante da América e que dá vaga para o Mundial da FIFA, no final do ano no Japão. A conquista atleticana servirá também para calar os críticos da imprensa nacional que não aceitaram a classificação do Atlético.

Esta vitória será conquistada com a sua ajuda, torcedor. Por favor, não vaie o time, nem arremesse objetos ao campo. Apenas incentive com toda sua paixão nosso querido Furacão, rumo ao topo da América. Aliás, não é preciso ensinar a nação atleticana a torcer. Basta um pedido para que coloquemos isso em prática.

O alpinista atleticano Waldemar Niclevicz alcançou o topo do mundo. Ele levou as bandeiras do Brasil e do Atlético ao cume do Monte Everest, com muita força de vontade e motivação em vencer grandes desafios. Agora é o momento de seguirmos o exemplo e com muita humildade e confiança levar o Atlético até o Japão.

Clube Atlético Paranaense. Nunca um time do nosso estado chegou tão longe na Libertadores.

Apoio: E-Atlético, ETA, Fanáticos, Fanatismo, Furacao.com, RubroNegro.Net e Ultras



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…