23 jun 2005 - 23h53

¡Arriba, Furacão!

A primeira partida da semifinal da Copa Toyota Libertadores dificilmente poderia ter começado melhor para o Atlético. Com o resultado de 3 a 0 sobre o Chivas Guadalajara, a equipe rubro-negra conquista uma boa vantagem para a partida de volta, na próxima semana em terras mexicanas.

Com a Baixada lotada, o time atleticano tentou partir para cima do Chivas, mas o adversário marcava muito bem e congestionava o meio. Foram poucas as chances de gol e os mexicanos assustavam nos chutes de longa distância. No entanto, aos 25 minutos Aloísio aproveitou o excelente cruzamento de André Rocha e abriu o placar para o Furacão.

O gol mudou completamente o aspecto da partida. Os mexicanos precisaram sair para o jogo e facilitaram as ações atleticanas. A pressão do Furacão surtiu resultado minutos antes do intervalo. Fernandinho bateu falta no meio da barreira e ampliou o marcador.

Na segunda etapa o Atlético teve mais facilidade ainda para tocar a bola. O domínio foi total do rubro-negro, com diversas oportunidades de gol. O meia Fabrício aproveitou e em jogada individual marcou um golaço chutando de fora da área.

Com o resultado positivo, o Furacão pode perder por até dois gols de diferença e mesmo assim conquista a vaga na final. Se marcar pelo menos um, a vantagem sobe para três gols.

%ficha=430%

Confira os melhores lances da partida
2º tempo
41’ – Marcão cabeceia e quase faz o quarto gol atleticano
33’ – Fabrício livra-se dos marcadores e manda um belo chute no ângulo, sem chance para o goleiro
28’ – Fernandinho faz bela jogada, mas perde a bola na frente da área
26’ – Atlético pressiona com vários escanteios
15’ – Aloísio recebe dentro da área, vira, mas na hora de bater Talavera salva
14′ – Marcão invade a área e tentra cruzar em vez de chutar direto

1º tempo
43’ – Fernandinho marca o segundo em cobrança de falta na entrada da área
39’ – A bola bate na mão do zagueiro mexicano, mas o juiz não dá pênalti
37’ – Danilo tentou de longe, mas isolou a bola para a torcida
35’ – Diego faz outra boa defesa no chute de Palencia
33’ – Peralta arrisca de fora da área e Diego faz excelente defesa
22’ – André Rocha cruza e Aloísio se antecipa ao goleiro para marcar o gol do Atlético
20’ – Lima rouba a bola e chuta no canto oposto de Talavera, que faz boa defesa
14’ – Danilo cabeceia em escanteio, mas a bola bate em Aloísio
7’ – Lateral do Chivas cruza e a bola passa por todo mundo na área do Atlético



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…