26 jun 2005 - 13h01

O Globo: "No futebol, a transparência compensa"

O jornal carioca O Globo traz hoje uma reportagem mostrando que os clubes que apresentaram balanços mais completos foram os justamente os mais bem colocados no Campeonato Brasileiro do ano passado. Segundo a reportagem, intitulada "No futebol, a transparência contábil compensa", há uma relação direta entre a boa administração e os resultados dentro de campo.

A constatação surgiu após a análise dos balanços financeiros de 2003/2004 dos clubes da Primeira Divisão do futebol brasileiro, feita pelo Conselho Regional de Contabilidade do Rio (CRC-RJ), em parceria com a empresa Sabe.

O conselho analisou a situação financeira de 17 dos 22 clubes da Série A. Brasiliense, Fortaleza, Juventude e Paysandu não publicaram balanços. Só por isso, seus presidentes já poderiam ser afastados, de acordo com a Lei Pelé. O CRC não teve acesso ao balanço do Goiás. Os clubes que cumpriram sua obrigação somaram dívida de R$ 1,4 bilhão, um aumento de 7,5% em relação a 2003. Os clubes do Rio são responsáveis por 42% deste valor (R$ 619 milhões) contra 27% de São Paulo, que tem dois times a mais. Os cariocas têm patrimônio líquido negativo de R$ 339 milhões contra um positivo de mais de R$ 470 milhões dos paulistas.

O Flamengo é o maior responsável pela dívida bilionária dos clubes brasileiros. Deve R$ 199 milhões — em 2003 eram R$ 216 milhões — e tem patrimônio líquido negativo de R$ 138 milhões. Houve ainda uma ressalva, registrada no parecer da auditoria independente: o clube registrou contratos futuros de patrocinadores no total de R$ 96 milhões, ainda não recebidos, superavaliando o seu ativo.

Ainda segundo a reportagem, o Atlético ficou em 3º no "ranking da transparência" e obteve o 9º melhor resultado financeiro dentre os clubes da primeira divisão em 2004, com receitas de R$ 25 milhões. O endividamento do Furacão seria hoje, segundo a matéria do Globo, de R$ 35 milhões – 12º maior do país, pouco acima do arqui-rival Coritiba (R$ 32 milhões).

Leia a reportagem completa:
http://oglobo.globo.com/jornal/esportes/168814402.asp



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…