27 jun 2005 - 22h14

Chivas não poderá contar com atacante Bofo Bautista

O Chivas Guadalajara não poderá contar com seu atacante Bofo Bautista para o jogo de quinta-feira contra o Atlético, no Estádio Jalisco, pela semifinal da Copa Libertadores da América. Bautista é um dos principais jogadores do time mexicano e considerado o principal ídolo da torcida alvirrubra. No entanto, ele foi expulso na partida de volta contra o Boca Juniors, pelas quartas-de-final, e foi suspenso preventivamente pela Conmebol.

Nesta segunda-feira, a entidade sul-americana confirmou que Bofo permanece suspenso e está inabilitado para participar do jogo da quinta-feira. Os mexicanos receberam a notícia com "incredulidade" – expressão utilizada largamente pela imprensa esportiva de Guadalajara. "É uma injustiça", comentou Adolfo Bautista, o Bofo. O atacante acredita que sua suspensão seja uma medida da Conmebol pelo fato de o Chivas ter eliminado o Boca Juniors.

O técnico Benjamin Galindo ficou inconformado com a notícia. Nesta segunda, ele comandou um treinamento e havia escalado Bofo na equipe titular. "Não pode ser, não pode ser. Em um torneio tão importante não podem acontecer coisas como essa. Bofo é um jogador muito importante e é uma lástima. Uma lástima, realmente. Creio que devemos fazer pressão aqui e hoje eu o utilizei, pois pensei que ia poder contar com ele. Mas agora que estão me contando isso creio que temos de fazer algo. Não é justo que façam o que querem. Acho que se fosse com um time não mexicano, isso já estaria resolvido", afirmou ele.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…