10 jul 2005 - 20h37

Time reserva entuba o Coxa

De olho na grande final da Copa Toyota Libertadores, o Atlético entrou em campo para disputar com o time reserva o clássico regional contra o Coritiba, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro ocupa a desconfortável 22ª posição na tabela e luta para conseguir sua primeira vitória na competição e fugir da zona de rebaixamento.

O técnico Antonio Lopes decidiu poupar os titulares e entrou em campo com a equipe suplente, à exceção de Fernandinho no meio. Mesmo sem os jogadores da Libertadores, o time atleticano partiu para cima do Coritiba. Logo no início Rodrigo roubou a bola e com toque de bola refinado o Atlético envolveu o adversário, com Rodriguinho deixando Evandro na cara do gol, mas Vizzotto fez uma excelente defesa.

Na metade do primeiro tempo a partida perdeu um pouco do ritmo quente do início, mas aos 34 minutos o time rubro-negro aproveitou a bobeira alvi-verde na cobrança de lateral e Rodriguinho fez um ótimo lançamento para Evandro. O atleticano invadiu a área e tocou na saída do goleiro para abrir o placar na Kyocera Arena. Festa da torcida do Furacão nas arquibancadas tradicionais e tubulares.

A segunda etapa começou de forma semelhante à primeira. Fernandinho desperdiçou a melhor chance do jogo ao ficar cara a cara com Vizzotto e chutar em cima do goleiro. Porém, o melhor momento atleticano aconteceu quando Dagoberto entrou em campo após quase 9 meses parado. A torcida rubro-negra comemorou sua entrada como se fosse um gol. No entanto, a alegria durou pouco. Doze minutos depois Dago sentiu uma lesão na coxa e teve de sair.

Como Antonio Lopes já havia realizado as três substituições, o time atleticano precisou permanecer com 10 jogadores até o final da partida. O Coritiba aproveitou a vantagem numérica e partiu para cima do Furacão, mas de forma desordenada. A defesa atleticana soube suportar a pressão e segurou o resultado de 1 a 0 até o final da partida para conquistar a primeira vitória no Campeonato Brasileiro.

Apesar da vitória do Atlético, e da derrota das equipes logo acima na tabela de classificação, o time continua na última posição do Brasileirão com dois pontos a menos que o Atlético Mineiro, adversário da próxima rodada no Mineirão.

%ficha=435%

Confira os melhores lances da partida
1º tempo
5’ – Excelente jogada de ataque do Atlético, Evandro perdeu gol na cara de Vizzotto.
9’ – Rodrigo faz jogada individual e quase fica na cara do gol
11’ – Rafinha aproveita bobeira da zaga e chuta para defesa de Tiago
34’ – Evandro abre o placar após belo lançamento de Rodriguinho
38’ – Na indecisão da zaga atleticana quase sai o gol de empate do Coritiba
45’ – Ricardinho bateu falta perigosa, mas por cima do gol
48’ – Fernandinho arriscou de longa distância, mas sem perigo
50’ – Final do primeiro tempo

2º tempo
6’ – Fernandinho perde gol feito na cara do gol e na seqüência do lance Ferreira cabeceou em cima do goleiro
10’ – Alexandre arriscou de fora da área, mas por cima do gol de Tiago
15’ – Coritiba quase empate em cobrança de escanteio
16’ – Rafinha livra-se da marcação e chuta na rede pelo lado de fora
26’ – André Rocha desviou na entrada da pequena área, mas a bola saiu fraca
27’ – Tiago Cardoso defende o chute à queima roupa de Tiago
30’ – Marquinhos chuta de longe e Tiago espalma para escanteio
33’ – Capixaba cabeceou sozinho dentro da área e Tiago defendeu
39’ – Marquinhos arriscou de fora da área e quase encobriu Tiago
44’- Alexandre cabeceou na cara do gol, mas para fora
46’ – Pressão do coxa com vários escanteios e sufoco na área rubro-negra
48’ – Termina a partida



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…