18 jul 2005 - 11h01

Geninho é o novo técnico do Goiás

O técnico Geninho, campeão brasileiro pelo Atlético em 2001, foi contratado neste domingo à noite pelo Goiás. O time entrou em crise depois de perder para o Brasiliense em casa por 3 a 1. Diante disso, o técnico Edson Gaúcho foi demitido. Geninho estava trabalhando no Al Ahli, da Arábia Saudita, e queria voltar ao Brasil neste segundo semestre. Ele mesmo confirmou a ida para o Goiás. "Fizemos um acerto no final da noite de ontem. Vamos agora iniciar um trabalho aqui no Brasil. É um contrato inicial até o final do ano, com a opção de renovar por mais um ano. Eu me apresento hoje no final da tarde", disse Geninho em entrevista ao canal Sportv.

Geninho é um dos técnicos mais queridos pela torcida atleticana. Em diversas ocasiões, os rubro-negros já pediram o retorno do treinador ("Ah, que bom seria se o Geninho voltasse algum dia"). Há cerca de dois meses, isso esteve próximo de acontecer. Geninho era o nome mais cotado para assumir o comando técnico atleticano. Porém, ele ainda tinha contrato com o clube saudita e recusou a sondagem rubro-negra. Na ocasião, a Furacao.com entrou em contato com Geninho, que afirmou: "Já fui procurado por alguns clubes, mas tenho um compromisso até 30 de junho e não volto para o Brasil antes disso". O Furacão contratou, então, o experiente Antonio Lopes, que conduziu a equipe ao inédito vice-campeonato da Libertadores.

Na época da contratação de Lopes, alguns veículos especularam que Geninho poderia chegar ao clube em julho para o posto de técnico, passando Antonio Lopes a desempenhar a função de supervisor. A Furacao.com sequer divulgou esse boato em razão de um desmentido imediato do próprio Lopes e da diretoria atleticana. Com a ida de Geninho para o Goiás, essa hipótese cai por terra definitivamente.

Reencontro

A torcida rubro-negra terá a oportunidade de reencontrar Geninho no próximo dia 3 de agosto, data em que o Atlético receberá o Goiás na Kyocera Arena, pelo Campeonato Brasileiro.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…