31 jul 2005 - 21h02

"Lopes chora há 72 anos", provoca Leão

O técnico Emerson Leão não gostou das reclamações de Antonio Lopes, que ao final do jogo deste domingo acusou a arbitragem do mineiro Clever Assunção Gonçalves como responsável pelo empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Atlético. O Furacão teve dois gols anulados por Gonçalves, ambos no segundo tempo. Ainda durante a partida, Lopes reclamou da atuação do assistente Edgar Sales Abreu. Leão respondeu dizendo que o treinador atleticano estava equivocado.

Depois, durante a entrevista coletiva concedida nos vestiários do Pacaembu, Leão foi perguntado sobre as reclamações de Lopes. "O Lopes chora há 72 anos (sic). Eu só choro há 56", brincou ele, destacando a fama que ambos têm de reclamarem da arbitragem. Ao tentar citar a idade do técnico atleticano, Leão acabou exagerando e aumentou 10 anos. Na verdade, Lopes tem 63 anos. Para o palmeirense, o Atlético não foi prejudicado pela arbitragem.

"Ele foi meu técnico, então eu sei bem como ele é", disse Leão, ainda referindo-se a Antonio Lopes. Os dois trabalharam juntos na Seleção Brasileira, em 2001. Lopes era o supervisor e Leão, o técnico da Seleção.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…