11 set 2005 - 10h55

Corinthians será ofensivo contra o Atlético

Nem a pressão da diretoria muito menos da torcida. O técnico Márcio Bittencourt não admite mudar a maneira de jogar do Corinthians. Neste domingo, contra o Atlético, só não vai escalar o time com quatro jogadores ofensivos, como fez contra o São Paulo, porque Jô fraturou o tornozelo. "Não vou mudar o esquema tático", disse.

Tanto o presidente Alberto Dualib como a Gaviões da Fiel criticaram a formação da equipe. Argumentam que o time, com 46 gols sofridos, a terceira pior defesa do torneio, não pode ficar tão exposto. Márcio discorda. "A defesa tem que começar com os jogadores de frente. Senão estoura só lá atrás e isso não é justo. Tenho trabalhado para melhorar isso", afirmou o técnico.

Mas, no treino coletivo de sexta-feira, o esforço de Márcio para corrigir a defesa não surtiu efeito. No primeiro lance, o zagueiro Marinho, que hoje ocupará a vaga de Sebá, suspenso, perdeu bola para Bobô, que marcou. Os reservas venceram por 3 a 2. Os atacantes Nilmar e Tevez, e o meia Roger pouco ajudaram o sistema defensivo. Isso logo depois de Márcio conversar demoradamente com seus comandados.

"O Márcio nos falou sobre a importância do Corinthians. Sabemos que o momento está muito difícil, não só para o Márcio. Caímos muito de produção", disse o meia Rosinei, que vai compor o 4-4-2 no lugar de Jô. "Temos que começar a jogar mais e falar menos", disse o atleta. O time ainda atuará com dois volantes: Marcelo Mattos e Bruno Octávio. Gustavo Nery, que estava na seleção brasileira, volta à lateral esquerda. No ataque, Márcio conversou com Tevez. O argentino, que foi multado pela diretoria por vestir uniforme do Manchester United durante entrevista coletiva, não marcou nas últimas três partidas em que atuou. Ele tem reclamado de perseguição dos juízes brasileiros.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……