18 set 2005 - 18h57

Para Lopes, empate seria o resultado mais justo

Dois tempos, dois jogos totalmente diferentes. É dessa maneira que o técnico Antonio Lopes definiu a partida entre Internacional e Atlético, nesta tarde, no Beira-Rio. Se na etapa inicial o domínio foi dos donos da casa, no 2º tempo o Atlético jogou melhor, motivo que, na opinião do treinador atleticano, transforma a derrota por 3 a 2 injusta.

"Eu acho que a equipe foi bem no 2º tempo. O 1º tempo foi totalmente favorável ao Internacional, que fez uma boa apresentação e predominou. Mas no segundo tempo nós merecíamos pelo menos o empate. Nós empatamos e tivemos chances para virar o jogo. O Internacional só deu aquele chute a gol no 2º tempo. O resultado mais justo seria o empate. O Internacional foi melhor no primeiro tempo, mas no segundo tempo nossa equipe foi nitidamente superior ao Inter e merecia um resultado melhor", afirmou Lopes.

Segundo o técnico do Rubro-negro, o principal erro na etapa inicial foi na marcação no meio-campo, deixando muito livres Tinga, Ricardinho e Perdigão. “Falhamos na marcação, que estava desatenta, principalmente no setor de meio-campo. O Internacional foi superior a gente porque ganhou as ações no meio-campo”, disse. “Tivemos uma movimentação muito frágil em termos ofensivos. Estávamos muito fracos pelo lado direito. Queria que o Thiago Almeida chegasse mais por ali com o Jancarlos e o próprio Cristian. E o Marcão ficou abandonado no lado esquerdo, o Evandro não foi bem no 1º tempo. Mas no 2º tempo melhoramos, marcamos melhor o Tinga, o Ricardinho e Perdigão e subimos de produção. Em razão dessa postura diferente, acho que nossa equipe foi muito melhor”, completou.



Últimas Notícias