10 out 2005 - 11h38

Réplica da taça de 1970 será doada ao Atlético

O evento de comemoração dos 35 anos do Campeonato Paranaense de 1970 foi um sucesso. Atleticanos de várias gerações estiveram reunidos na festa de homenagem aos atletas, dirigentes e funcionários campeões estaduais em 70 e outros tantos visitaram a exposição sobre a conquista. No dia 13 de setembro, exatamente 35 anos depois da decisiva partida contra o Seleto, os sites Furacao.com e RubroNegro.Net organizaram um coquetel no Grand Hotel Rayon para lançar a exposição de jornais e objetos da época. Durante a festividade, foram homenageados todos os campeões do Título da Raça, um dos mais importantes da história do Rubro-negro.

Dentre as autoridades, estiveram presentes os vereadores Mário Celso Cunha (apresentador) e João Claudio Derosso (presidente da mesa), além do vice-governador Orlando Pessutti. Receberam homenagens os jogadores Vanderlei, Djalma Santos, Alfredo, Júlio, Sicupira, Nilson Borges, Lourival, Amauri e Moreira, além dos dirigentes Lauro Rego Barros, Luciano Silva Almeida e Nelson Zagonel. Também compareceram familiares de ex-dirigentes como o presidente Rubens Passerino Moura (representado por sua viúva Glacy Passerino Moura), Sylseu Pereira Alves, Hailton Fantinato, Amaury Mauad Guérios e Alberto Gottardi. Durante a festa, também foram homenageados atleticanos que têm papel importante no resgate da história do clube: Antonio Carlos Carneiro Neto (autor de Atletiba, a Paixão das Multidões), Heriberto Ivan Machado e Valério Hoerner Jr (autores de Atlético, a Paixão de um Povo) e Valmor Zimermann (fundador da Retaguarda Atleticana).

Estiveram presentes na festa o humorista Juca Chaves (convidado especial), o presidente da ACEP Osvaldo Tavares de Mello, e representantes das torcidas organizadas e sites do Atlético. Foram localizados pelos organizadores, mas não puderam comparecer por motivos de ordem pessoal o ex-técnico Alfredo Ramos, os ex-jogadores Dorval, Juarez, Nair, Reinaldo, Serginho, Zé Leite e Zico e os ex-dirigentes Oscar Augusto de Plácido e Silva, Luiz Gonzaga da Motta Ribeiro e José Francisco Schiavon. No dia da festa, os jogadores e dirigentes campeões de 70 foram homenageados em um almoço no Hotel Rayon, do qual participaram atletas de outros times do futebol paranaense que disputaram o Estadual daquele ano, como o meia Hidalgo (Coritiba) e o zagueiro Álvaro (Grêmio Oeste, de Guarapuava). O almoço, privativo aos atletas e dirigentes, ocorreu no melhor estilo "resenha" futebolística, terminando somente em torno das 17h.

Taça de 1970
Um dos momentos mais marcantes da festa foi a apresentação da réplica do troféu do título de 1970, que simbolicamente foi entregue aos jogadores Alfredo Gottardi Júnior e Julio José Pepicelli. A taça original foi extraviada e o Atlético não possuía mais registro daquela conquista. A réplica foi elaborada pelo renomado escultor Elvo Benito Damo, que se inspirou em fotografias para elaborar uma taça idêntica à da conquista. Curiosamente, outro troféu importante conquistado naquele ano também desapareceu: a Taça Jules Rimet, da Copa do Mundo de 1970, vencida pelo Brasil. A réplica da taça do Campeonato Paranaense de 1970 será doada ao acervo do Clube Atlético Paranaense, gerido pelo professor Heriberto Ivan Machado. Além da taça, também serão doados os painéis elaborados especialmente para a exposição, assim como todo o acervo recolhido para o evento.

A Comissão Organizadora do evento agradece especialmente a colaboração dos seguintes atleticanos: Ademir Adur, Alexandre Lobo Pacheco, Bruno Fabrício Lobo Pacheco, Douglas Borcath, Douglas Borcath Filho, Elgson De Carli Oliveira, Elvo Benito Damo, Enio Fornéa Jr., Guivan Bueno, Heriberto Ivan Machado, Hussein Zraik, Igino, Jefferson Vieira Magalhães, João Claudio Derosso, Juarez Villela Filho, Julia Abdul-Hak, Mario Celso Cunha, Monique Silva, Nadja Mauad, Orlando Pessutti, Patricia Bahr, Rogério Ferreira, Valdo Zanetti, Valério Hoerner Jr., Valmor Zimermann e Vanderlei Micheletto.

Além disso, há de se registrar o agradecimento à imprensa esportiva pelo apoio ao evento e pela cobertura, notadamente os veículos de televisão, rádio, jornais e sites.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…