11 out 2005 - 22h18

Jacaré no seco não anda

O Atlético voltou a brilhar no Campeonato Brasileiro. Em mais uma partida onde os comandados de Evaristo de Macedo seguiram à risca as ordens do treinador, o Furacão passou por cima do Brasiliense e já é o oitavo colocado, com 42 pontos. O resultado deixa o Rubro-negro na disputa direta por uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. Enquanto isso o Jacaré segura a vice-lanterna, com apenas 29 pontos. O time do Distrito Federal está na frente apenas do Paysandu, que hoje bateu o Coritiba por 2 a 1, de virada.

Buscando o gol com uma velocidade impressionante, o Atlético marcou o primeiro de falta. Depois que Aloísio foi derrubado perto da grande área, Jancarlos bateu com precisão no canto direito do goleiro França. O gol embalou o Furacão que passou a buscar em Dagoberto uma vantagem maior no placar. Só que o segundo gol atleticano foi marcado por um zagueiro. Jancarlos levantou a bola dentro da área e Danilo cabeceou para o fundo das redes. Desesperado, o Brasiliense ainda tentou algumas chances com Marcelinho e Oseas. Tiago Cardoso, bem colocado, não deixou o placar ser diminuído.

Mais gols, mais Furacão

O Atlético manteve o mesmo esquema tático do primeiro tempo. Com jogadas agudas de Lima e Evandro, a rapidez de Dagoberto e a força física de Aloísio, o Rubro-negro procurava todas as horas ampliar. Em bom cruzamento do ala Marcão, a bola encontrou o pé direito de Lima. Frente a frente com o goleiro adversário, o artilheiro mandou de primeira e fez mais um para o time da Baixada.

O gol desmontou todo o esquema que Joel Santana, técnico do Brasiliense, havia preparado no intervalo. Apesar de congestionar o meio-campo e tentar barrar os avanços dos laterais, o Jacaré não conseguiu evitar a goleada. Numa excelente jogada de Jancarlos, Lima, de novo, aproveitou o cruzamento e fechou a noite de gols em Curitiba. Outras chances foram desperdiçadas com Dagoberto, Finazzi e Aloísio, só que o placar não foi mais alterado. Com oito gols em dois jogos, o Atlético vai com a pontaria afiada para o clássico Atletiba do próximo sábado, às 18h10, no Estádio Couto Pereira.

%ficha=456%

Confira os melhores momentos da partida:

Primeiro tempo
10 min – André Luiz fez boa jogada pela esquerda e tocou para Marcelinho chutar. Ele mandou a bola por cima do gol
15 min – Gol do Atlético. Aloísio foi derrubado perto da grande área. Jancarlos bateu muito bem a falta e marcou
20 min – Dagoberto arrancou da esquerda para a área. Antes foi derrubado por Vampeta
21 min – Na cobrança de falta de Jancarlos, a bola bateu na barreira
22 min – Gol do Atlético. Jancarlos bateu falta da esquerda. Danilo cabeceou e fez o segundo do Furacão
28 min – Marcelinho tocou para Oseas. O ex-atleticano chutou no canto mas Tiago evitou o gol do Brasiliense
30 min – Marcelinho bateu uma falta para dentro da área. Jairo cabeceou e Tiago espalmou com precisão
45 min – Fim do primeiro tempo

Segundo tempo
14 min – Gol do Atlético. Marcão arrancou pela esquerda, cruzou na área e Lima desviou para fazer o terceiro
18 min – Marcão fez boa jogada pela esquerda. Perto da entrada da área foi derrubado
19 min – Dagoberto cobrou a falta na barreira do Brasiliense
22 min – Aloísio recebeu um bom passe de Dagoberto, tentou encobrir o goleiro mas chutou fraco
25 min – Pressão do Brasiliense. Num chute dentro da área, Tiago Cardoso defendeu com os pés
28 min – Dagoberto perdeu a chance de fazer o quarto. Sozinho, ele dominou e chutou de esquerda. A bola foi na trave
31 min – Gol do Atlético. Jancarlos fez excelente jogada pela direita, tocou para Lima chutar e fazer o quarto
34 min – Dagoberto serviu Finazzi. O atacante pegou bem na bola, mas chutou para fora
35 min – Vampeta fez boa jogada, mas Tiago evitou o primeiro gol do time de Brasília
46 min – Fim do jogo



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…