15 out 2005 - 22h16

Dago: “Quero sempre poder retribuir esse carinho”

“Daaaaaaaaaaago! Dago, Dago, Dago, Dago… é Dagoberto!!!”. O coro já virou uma espécie de amuleto para a torcida atleticana, que não cansa de reverenciar e aplaudir o ídolo. Para Dagoberto, o Atletiba desta tarde, no Couto Pereira, teve um gostinho especial. Afinal, no clássico do 1º turno da competição, ele retornou aos gramados e pôde ficar em campo por apenas 17 minutos, quando sentiu uma nova contusão, que o afastou dos gramados por mais dois meses.

Hoje, após a bela vitória do Furacão por 2 a 1 no clássico, Dago era um dos mais festejados pela torcida e se emocionou. “Quando eu me machuquei, pude sempre contar com o apoio e a força da torcida do Atlético. Quero sempre poder retribuir o carinho dessa torcida, que especial, fantástica”, disse o jogador.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…

Fala, Atleticano

Foi épico

Assim, como o jogo de Santiago contra a Universidad Católica, estará para sempre na memória de qualquer atlheticano… O que aconteceu ontem na Bolívia, também..…