3 nov 2005 - 0h00

Sem medo de São Januário

Sem invenções. Essa é a fórmula do técnico Evaristo de Macedo para a escalação do time do Atlético no jogo desta quinta-feira, às 20h30, no estádio São Januário. Para a partida, o treinador atleticano não poderá contar com o zagueiro Paulo André e o lateral-esquerda Marcão, que cumprem suspensão por terem levado o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Paraná, além do atacante Dagoberto, expulso no clássico de domingo.

E se a fórmula adotada pelo técnico é de não complicar, a escolha dos substitutos não traz novidades. Na zaga, Durval ganha mais uma oportunidade, fazendo dupla com Danilo. Na lateral-esquerda, o colombiano Marín retorna ao time depois de um mês e meio sem disputar uma partida (a última foi contra o Corinthians, no dia 11 de setembro). E no ataque, Lima forma a dupla ao lado de Aloísio, com Ferreira e Evandro sendo os homens da criatividade no meio-de-campo.

“Aqui não existe clones. Cada jogador tem as suas características, mas o grupo é bom, bastante qualificado. Por isso, apesar de lamentarmos as ausências, sabemos que quem entra tem totais condições de corresponder com um bom futebol”, afirmou o técnico Evaristo de Macedo.

Esta é a 19ª vez que Atlético e Vasco se enfrentam na história do Campeonato Brasileiro. O Furacão venceu quatro jogos, empatou cinco e perdeu dez vezes, marcando 26 gols e sofrendo 31. A vantagem carioca é maior se considerados apenas os jogos no Rio de Janeiro. Lá, o Atlético nunca venceu o Vasco, em jogos válidos pelo Brasileirão. Se tabus existem para serem quebrados, Evaristo dita a fórmula para o time sair pela primeira vez como vencedor de São Januário: “Temos que jogar bem, com personalidade. Vai existir pressão da torcida, mas se tivermos consciência do que devemos fazer dentro de campo, temos condições sim de vencer. Basta ganhar deles para acabar com esse tabu”, disse o técnico atleticano, sem medo de jogar em São Januário.

No Vasco, o técnico Renato Gaúcho não poderá contar com o atacante Alex Dias, vetado pelo departamento médico, e o zagueiro Fábio Braz, que cumpre suspensão. Em seus lugares, Renato vai escalar Éder e Diego. Décimo sétimo colocado no Campeonato Brasileiro, o Vasco ainda corre contra as últimas colocações na competição – hoje, apenas dois pontos separam o time cruz-maltino da zona de rebaixamento.

Brasileiro – (03/11/05) – Vasco x Atlético
L: São Januário; H: 20h30; A: Wilson Luiz Seneme (SP); T: Premiere Esportes (ppv) e Rádio Banda B (AM 550).

VASCO: Roberto; Wagner Diniz, Éder, Luciano e Diego; Yves, Amaral, Abedi e Morais; William e Romário. T: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO: Tiago Cardoso; Jancarlos, Danilo, Durval e Marín; Alan Bahia, Cristian, Ferreira e Evandro; Lima e Aloísio. T: Evaristo de Macedo.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…