27 nov 2005 - 18h02

Atlético faz o dever de casa

O Atlético derrotou o Paysandu por 3 a 2 no último dos 35 jogos realizados na Kyocera Arena em 2005. Com a vitória, o Furacão subiu para a sexta posição no Campeonato Brasileiro com 61 pontos. Já o Paysandu permaneceu com 41 e, na penúltima colocação, foi rebaixado para a Série B. Todos os gols saíram na etapa final. Finazzi, Alan Bahia e Denis Marques fizeram os do Atlético, enquanto que Luís Augusto e Balão descontaram nos últimos minutos da partida.

O primeiro tempo foi equilibrado. O Atlético jogou melhor, mas não conseguiu ser objetivo nas jogadas ofensivas. Com um time bastante modificado (Diego, Adriano, Moreno, André Conceição e Denis Marques não vinham atuando nas últimas rodadas), o Rubro-Negro penou com a falta de entrosamento e com a ausência de pontaria da dupla Denis e Finazzi.

Na etapa final, o Furacão foi mais determinado e abriu o marcador logo aos 7 minutos. Denis Marques fez uma ótima jogada individual e cruzou para Finazzi, que cumpriu com eficiência sua melhor característica: finalizou para o fundo da rede. Doze minutos depois, o colombiano Ferreira foi derrubado na área e sofreu pênalti. Finazzi pediu para bater, mas o capitão Alan Bahia não abriu mão da oportunidade de marcar seu nono gol na temporada. Cobrou com categoria, no cantinho do goleiro.

Com a vantagem a favor, o futebol do Atlético melhorou. Aos 27, o time chegou ao terceiro gol em um cruzamento de Jancarlos que Denis Marques cabeceou bem. Com a vitória assegurada, o time relaxou no final e permitiu uma reação paraense. De fora da área, Luís Augusto descontou aos 41 e Balão, aproveitando uma bobeada da defesa em cobrança de escanteio, marcou o segundo aos 44. De todo modo, o adversário não tinha mais fôlego para mudar o resultado da partida. Os atleticanos só esperaram o tempo passar para comemorar com a torcida a última vitória em casa neste ano.

%ficha=466%

Melhores momentos do jogo

Primeiro tempo
13 min – Após cobrança de falta na área atleticana, Robson cabeceia, mas Diego faz ótima defesa.
17 min – Denis Marques toca para Cristian, que chuta forte. Ronaldo faz boa defesa.
19 min – Denis Marques invade a área livre pela direita, mas bate muito mal, à direita do gol.
23 min – Finazzi e Ferreira tabelam, mas o atacante chega atrasado no momento de concluir.
27 min – Finazzi cruza da direita, Ferreira dá um toque genial de cabeça e Cristian bate por cima.
28 min – Gian arrisca de fora da área e a bola passa à esquerda de Diego.
30 min – Ferreira lança Finazzi na área. Primeiro ele bate em cima da zaga. Depois, é empurrado pelo zagueiro, mas o árbitro não marca o pênalti.
34 min – Rafael Moura invade a área pela esquerda e bate na saída de Diego, mas manda para fora.
37 min – Denis Marques faz jogada individual na esquerda e bate cruzado. Ronaldo espalma para escanteio.
40 min – Paysandu cobra escanteio fechado e Rafael Moura chega um pouco atrasado para cabecear, assustando a torcida.
41 min – Moreno bate cruzado da esquerda, a bola desvia na zaga e acaba pegando no calcanhar de Ferreira, que estava de frente para o gol.
45 min – Fim do primeiro tempo.

Segundo tempo
07 min – Gol do Atlético. Denis Marques faz boa jogada pela direita e cruza para Finazzi completar para o fundo da rede.
16 min – Robson bate falta da entrada da área e Diego faz firme defesa.
19 min – Ferreira recebe de Jancarlos na área e é derrubado.
21 min – Gol do Atlético. Alan Bahia bate rasteiro no canto direito de Ronaldo, que pulou para a esquerda.
23 min – Denis Marques dá um lindo passe para Finazzi, que bate em cima de Ronaldo e perde chance incrível.
27 min – Gol do Atlético. Jancarlos cruza da direita e Denis Marques testa para o fundo do gol.
41 min – Gol do Paysandu. Luís Augusto arriscou de fora da área e descontou para o Papão.
42 min – Denis Marques bate fraco de fora da área e Ronaldo defende.
44 min – Gol do Paysandu. Após cobrança de escanteio, Balão fica livre na área e marca o segundo.
47 min – Fim do jogo.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…