O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
12 dez 2005 - 12h55

Fleury: o equilíbrio de um presidente

Não é nada fácil você assumir a responsabilidade de um clube que tem a maior torcida do Estado. Não é fácil você abrir mão de seus horários, deixando de lado compromissos particulares e profissionais. Não é fácil você presidir um clube onde a marca Petraglia se sobrepõe aos demais diretores.

O desafio foi enfrentado pelo advogado e procurador da República João Augusto Fleury da Rocha, sócio do Clube Atlético Paranaense (CAP) há 30 anos e conselheiro desde a década de oitenta. Ele já foi do departamento jurídico, conselheiro e gestor e hoje é o presidente, sem nunca abrir mão de ser também um torcedor comum.

Tem como marca pessoal estar sempre bem vestido, geralmente com terno e gravata e usa corretamente a língua portuguesa em suas declarações e entrevistas. Evita sempre “frase feita” ou de “lugar comum”. É querido e respeitado pelos funcionários do clube porque sabe dirigir sem exageros, buscando sempre a disciplina e o diálogo.

Tem uma personalidade forte, o que fez de Fleury um homem vitorioso. Não se furta em emitir suas opiniões mesmo que conflitantes com os amigos de diretoria, conselheiros ou torcedores em geral. Mas sempre em defesa do Atlético (CAP).

Tem administrado o clube com “mão-de-ferro”, sempre em parceria com Mario Celso Petraglia, com quem participou da revolução que começou em 1995. Verdadeiro nas suas atitudes, muitas vezes estabeleceu conflitos com setores do Rubro-Negro, incluindo as organizadas. Mas, sempre foi equilibrado nas decisões finais, dialogando ou recuando sempre em favor da causa do Atlético Paranaense.

Quando o Petraglia e o Mauro Holzmann me procuraram para iniciar e concluir negociações com as torcidas organizadas, visando a paz entre os atleticanos ou quando, junto com o Doático dos Santos (ETA) fomos fundo nas negociações para a saída do Colégio Expoente e compra total do terreno para a conclusão da Kyocera Arena, o presidente João Augusto Fleury da Rocha foi fundamental, pois deu seu aval e carta-branca para que tudo caminhasse para um final feliz, como aconteceu. Por isso, prestamos hoje a nossa homenagem ao presidente campeão paranaense, vice-campeão do Brasil, vice-campeão da Libertadores, melhor campanha do Brasileiro deste ano e classificado para as Copas do Brasil e Sul-americana.



Últimas Notícias