24 dez 2006 - 10h57

Gabiru: “O Atlético me ajudou a crescer no futebol”

Durante quase oito anos, o titular da camisa número 8 do Atlético teve um dono: Adriano Gabiru. Hoje, campeão mundial interclubes pelo Internacional e autor do gol que garantiu a festa colorada, o meia revela que lá no Japão a torcida atleticana pôde sentir-se representada. “Fui criado no Atlético. Quando cheguei aqui não agüentava o frio, estava acostumado com o calor de Maceió. Quis ir embora, mas meus pais sempre incentivaram para eu ficar e agarrar essa chance. O Atlético me ajudou a crescer no futebol, aqui fui campeão brasileiro e cheguei à seleção”, disse o jogador, em entrevista ao portal Paraná Online.

Sobre um possível retorno ao Furacão (o clube, junto com o Cruzeiro, detém de 45% dos direitos federativos do jogador – os outros 55% são do Internacional), Adriano disse que sim, mas não neste momento. “Tenho contrato com o Inter até 2009 e espero ficar. Ainda mais depois de tudo o que aconteceu. Mas tenho muito respeito pelo Atlético e quem sabe um dia eu volte”, afirmou.

Na entrevista, Gabiru disse que não vê muitas diferenças entre o futebol paranaense e gaúcho e revelou-se torcedor do Furacão. “Não tem muita diferença. Jogar no Atlético ou no Inter é igual. O Paraná foi pra Libertadores, está de parabéns. Pena que o Coritiba não subiu. Sou atleticano, mas seria bom para o futebol paranaense ter o Coritiba de volta na 1.ª Divisão”, completou.

Clique aqui e leia a entrevista com Adriano na íntegra, publicada pelo portal Paraná Online.

Para saber mais sobre a passagem de Gabiru pelo Atlético, clique aqui.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…