2 dez 2007 - 10h38

Manchetes atleticanas deste domingo

Atlético busca recordação boa de temporada ruim
Um olhar para o passado recente revela o quanto o Atlético desta tarde contra o São Paulo, no encerramento do Campeonato Brasileiro, está distante daquele sonhado há 11 meses. No dia 3 de janeiro, quando se reapresentaram no CT do Caju, os jogadores foram recebidos com um planejamento inovador e objetivos ambiciosos. A pré-temporada inédita seria a base do maior sonho: o título nacional da Copa do Brasil e a presença na Libertadores 2008. Não deu certo. Quem sobrou para entrar em campo na Arena, às 16 horas, contra o campeão brasileiro, 73 jogos depois, tem a missão de alcançar um pequeno alívio para uma temporada de fracassos.

 

Furacão precisa vencer para ir à Sul-Americana
Atlético e São Paulo encerram suas participações no Brasileirão em situações distintas. O Furacão precisa vencer para conseguir calendário internacional em 2008 e disputar a Copa Sul-Americana. Já o tricolor vem a Curitiba com mais uma estrela amarela bordada na camisa e fazendo festa pela conquista do título de campeão brasileiro.

 

Atlético Paranaense recebe o campeão São Paulo
Sem vencer há três rodadas no Brasileirão, mas invicto há 15 partidas na Kyocera Arena, o Atlético Paranaense terá de vencer o São Paulo neste domingo, às 16h (de Brasília), para tentar conquistar uma vaga na Sul-Americana. Tentar, já que como está na 14ª colocação, com 51 pontos, terá de torcer por tropeços de pelo menos Sport e Vasco, que estão à frente.

 

Atlético encara o desfalcado São Paulo
Dependendo mais uma vez da força de sua torcida, e de tropeços dos rivais diretos na briga por vaga na Copa Sul-Americana, o Atlético recebe o São Paulo, às 16 horas, com um ataque totalmente novo. A ausência dos suspensos Ferreira e Alex Mineiro obriga Ney Franco a dar mais uma chance a Marcelo Ramos e lançar Pedro Oldoni ou Taílson.

 

Apostas no Rubro-Negro
O Atlético Paranaense tenta salvar o ano na partida deste domingo, às 16 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, contra o São Paulo, com a conquista de uma vaga para a disputa da Copa Sul-Americana em 2008. "A Sul-Americana era o segundo objetivo nosso depois da chegada do (técnico) Ney Franco. Pensávamos primeiro em sair da zona de rebaixamento e, agora, se conseguirmos essa vaga na Sul-Americana, poderemos ter um final de ano mais tranqüilo", disse o zagueiro Danilo.

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…