2 dez 2007 - 17h51

Vitória sobre o freguês

O último instante do Atlético no Campeonato Brasileiro 2007 foi do jeito que a torcida atleticana mais gosta: marcando gol. O gol salvador do zagueiro Antonio Carlos, aos 47 minutos do segundo tempo, no último lance da partida, garantiu a vitória do Furacão por 2 a 1 sobre o São Paulo e classificou o Rubro-negro para a Copa Sul-Americana 2008. Além disso, o gol salvador manteve a invencibilidade atleticana sobre o time paulista em Curitiba (já são 25 anos sem perder para o tricolor na capital paranaense) e manteve o tabu de nunca ter perdido para o São Paulo na Arena da Baixada. Em resumo: deu a lógica!

O Atlético entrou em campo disposto a mostrar ao São Paulo que tabus foram feitos para serem mantidos. Melhor em campo, o bastante modificado Furacão (sem quatro titulares) teve ampla vantagem sobre os paulistas no início de jogo. E aos 11 minutos, essa superioridade foi traduzida em gol: num cruzamento perfeito do zagueiro Rhodolfo, o atacante Marcelo Ramos abriu o marcador na Baixada. Três minutos depois, o mesmo Marcelo Ramos teve outra boa oportunidade para ampliar o marcador, chutando por cobertura para fora.

Incentivado por mais de 24 mil pessoas que lotaram a Baixada, o Furacão perdeu outras boas oportunidades de ampliar o marcador no segundo tempo. Mas a falta de pontaria dos atacantes impediu isso. Aos 38 minutos, o susto: Francisco Alex recebeu na entrada da área e chutou forte, empatando a partida.

As emoções no jogo não terminaram por aí. E coube ao zagueiro Antonio Carlos protagonizar a última cena do Atlético neste Brasileirão. Após um cruzamento preciso na área, de cabeça ele fez o último gol do Atlético na temporada, classificando o Atlético para mais uma competição internacional: a Sul-Americana 2008.

%ficha=605%



Últimas Notícias