7 dez 2007 - 16h15

Alex Mineiro acerta com o Palmeiras

Alex Mineiro é o primeiro reforço do Palmeiras para a temporada 2008. Quem confirma a informação é o procurador do centroavante, Marcelo Robalinho, que definiu a situação com o clube alviverde na tarde desta sexta-feira.

"Está tudo resolvido. Só falta um documento do Atlético Paranaense para ele poder ser apresentado oficialmente", declarou Robalinho ao UOL Esporte.

Assim, a tática do empresário de "ameaçar" o time paulista surtiu efeito. Na noite de ontem, ele disse que Alex Mineiro estava chateado porque a diretoria palmeirense não o havia procurado para tratar do negócio, como fora combinado. Na ocasião, ameaçou levá-lo para o Rio de Janeiro e negociá-lo com o Fluminense ou Flamengo.

O gerente de futebol do clube alviverde, Toninho Cecílio, se reuniu hoje com o jogador e o empresário. "Estamos resolvendo os últimos detalhes", resumiu o cartola por telefone, ainda durante o encontro. O diretor de futebol, Savério Orlandi, também esteve presente.

Segundo Robalinho, Alex Mineiro deve ser apresentado em janeiro, já que seu vínculo com o Atlético-PR se estende até dia 31 de dezembro. "Pode acontecer antes se os dois clubes fizerem um acordo. Mas isso é apenas uma questão formal", explicou o agente. "O Palmeiras deve fazer o anúncio oficial ainda hoje", completou.

Assim, são cada vez mais remotas as chances de Rodrigão permanecer no time de Parque Antarctica. Autor de seis gols nas últimas nove rodadas do Brasileiro, ele pertence ao Atlético-PR que não pretende emprestá-lo novamente.

Namoro antigo

Palmeiras e Alex Mineiro já estiveram próximos de um acerto por duas vezes durante a temporada 2007. Porém, o atacante preferiu atuar pelo Atlético-PR, clube no qual se destacou em 2001, quando foi um dos principais nomes na conquista do Campeonato Brasileiro.

Neste ano, o centroavante de 32 anos marcou nove gols no certame nacional. Porém, ficou boa parte da competição longe dos gramados devido a um fratura nos ossos da face.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…