14 dez 2007 - 21h35

Assembléia decide prorrogar o mandato da diretoria

A Assembléia Geral Extraordinária do Clube Atlético Paranaense decidiu nesta sexta-feira pela prorrogação do mandato dos atuais conselheiros e diretores por mais 120 dias. A AGE foi convocada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, em virtude da ausência de chapas inscritas nas eleições marcadas para dezembro. Como não havia previsão no Estatuto do clube para casos como esse, convocou-se uma Assembléia Geral.

Participaram da reunião desta sexta-feira, na Kyocera Arena, aproximadamente cem sócios. O diretor de marketing Mauro Holzmann apresentou os componentes da mesa e deu início aos trabalhos, que foram conduzidos por Petraglia, João Augusto Fleury da Rocha, Marcos Malucelli e Tobias de Macedo, todos integrantes do Conselho Deliberativo do clube. Vários sócios se manifestaram, expondo suas opiniões sobre o futuro do Rubro-Negro e do futebol paranaense. Algumas opiniões de expressão foram de Mario Celso Cunha (vereador de Curitiba), Attílio Melluso Filho (presidente do Conselho Fiscal) e Nelson Fanaya (ex-presidente do Atlético).

A atual gestão revelou enorme preocupação em virtude da grande chance de a Copa do Mundo não ser realizada no Paraná. Caso Curitiba não seja escolhida uma das sedes do Brasil para a Copa de 2014, os prejuízos para o povo paranaense e para o Atlético seriam enormes. Além da ausência de investimentos no estado, o desnível causado em função do fortalecimento de clubes de outros estados acabaria por eliminar todo o avanço conquistado pelo Furacão na última década.

Petraglia expressou sua insatisfação por não poder prometer à torcida atleticana os avanços planejados para o clube. Segundo ele, os projetos dependem da realização da Copa em Curitiba. Caso isso não ocorra, a situação do Atlético ficará precária. Por isso, ele conclamou todos os segmentos atleticanos a se levantarem e a promoverem uma grande manifestação em prol da Copa em nosso estado. A falta de iniciativa dos torcedores é algo que pode prejudicar a candidatura, na opinião dos dirigentes.

Em virtude dessa questão central (a realização da Copa em Curitiba), os sócios do Atlético decidiram prorrogar o mandato dos atuais conselheiros e dirigentes pelo prazo de 120 dias. Neste período, espera-se uma grande manifestação dos torcedores para que a candidatura do Paraná deslanche. Dos concorrentes, o nosso estado é o único que não teve um representante recebido por Ricardo Teixeira após o anúncio de que o Brasil receberá o Mundial de 2014.

No dia 5 de maio, haverá uma nova Assembléia Geral Extraordinária. Nesta ocasião, será feito um balanço dos avanços obtidos nos primeiros meses de 2008 e será decidida a composição do Conselho Deliberativo e do Conselho Gestor para o biênio 2008/2009. É importante lembrar que da próxima AGE poderão participar os torcedores que se associaram ao Atlético no início de 2007, através da campanha Sócio Furacão. Eles ficaram de fora da Assembléia desta sexta porque ainda não tinham pelo menos um ano de vida associativa.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…