24 dez 2007 - 7h25

Manchetes atleticanas desta segunda-feira

Um novo mito no Caldeirão
A história do Atlético é pontuada por fatos que beiram a lenda. Foi assim no Atletiba da gripe, nos anos 40, que mostrou ao mundo do futebol o time da raça. Também na épica jornada de Ziquita contra o Colorado, no fim dos anos 70: quatro gols em 15 minutos, fora uma bola na trave. O capítulo moderno desta fábula rubro-negra foi escrito em dezembro de 2001. Com oito gols em quatro jogos, Alex Mineiro protagonizou a conquista do Campeonato Brasileiro pelo Furacão. Seqüência de bolas na rede que, daqui 30 anos, os atleticanos de hoje terão orgulho de dizer que viram de perto.

 

Furacão terá poucos reforços no início de 2008
Atlético não deverá contar com muitas "caras novas" na reapresentação do elenco marcada para o dia 3 de janeiro. O clube priorizou a manutenção do grupo que fez uma campanha irregular em 2007, e tentou contratar algumas peças para recompor setores considerados frágeis da equipe. Até o momento, foram confirmadas apenas três aquisições – o zagueiro Leandro (ex-Joinville), o meia Irênio (ex-Vera Cruz/México) e o goleiro Gallato (ex-Grêmio). O jovem atacante Wallyson, revelação do ABC-RN, volta ao Atlético para finalmente vestir a camisa rubro-negra. No meio do ano, o jogador esteve no CT do Caju, acertou a sua compra, mas retornou ao time potiguar para disputar a Série C. Em 2008 terá a chance de mostrar o seu futebol em território paranaense. Outro que é esperado na reapresentação é o atacante Rodrigão, que volta de empréstimo após ter defendido o Palmeiras na reta final do Brasileirão.

 

Ney Franco focado na conquista do Paranaense
Um dos principais responsáveis do Atlético Paranaense pela conquista da vaga na Copa Sul-Americana, o técnico Ney Franco já está com a cabeça na temporada de 2008. E o primeiro objetivo do técnico do Furacão é a conquista do Estadual, que começa em 10 de janeiro contra o Rio Branco, fora de casa.

 


Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…