3 jan 2008 - 23h02

Raio-x dos reforços da base

O sonho de todo jogador da base, chegar ao time profissional, tornou-se realidade para quatro atleticanos nesta semana. Os atacantes Choco e Eduardo Salles, o meia Pimba e o volante Renan foram promovidos para o grupo principal do Atlético pelo técnico Ney Franco. Com isso, os quatro atletas participam da pré-temporada com o elenco principal do Atlético, preparando-se para as disputas do Campeonato Paranaense e da Copa do Brasil neste primeiro semestre do ano.

Na apresentação do grupo para a pré-temporada, o técnico Ney Franco adiantou que os quatro reforços da base integram o grupo profissional com possibilidades de brigar por vagas no time principal. “Para se montar um time bom, você precisa contratar jogadores e em um clube grande como o Atlético Paranaense tem que estar de olho na base que pode trazer grandes jogadores. Então, os quatro sobem para jogar e brigar por posição na equipe, não só para compor o elenco”, disse.

Ney Franco avaliou os quatro jovens garotos promovidos ao profissional e apontou características de cada um deles: “O Choco é um jogador que pode jogar de meia e que me chamou muito a atenção nos treinos. O Gabriel é um meia de muita movimentação, o Eduardo Salles é um atacante que joga pelo lado esquerdo do campo e que tem uma boa finalização e o Renan é um atleta que já treinou comigo e eu já quase o convoquei para um jogo diante do Juventude e fez bons treinos e jogos na base.”

Conheça agora um pouco mais da trajetória de cada um dos quatro jogadores, novos reforços do time atleticano para a temporada 2008:

Choco

Choco é o apelido do parnanguara João Guilherme Estêvão da Silva, que completa nesta sexta-feira 17 anos de idade. O jogador é o “caçula” do time profissional do Atlético, promovido neste início de temporada para o elenco profissional do clube. Ele começou no futebol nas categorias de base do Coritiba, clube que defendeu por seis anos, construindo uma fama de artilheiro e sendo um dos principais destaques do Infantil coxa-branca. Em 2005, junto com o lateral-direita Raul, transferiu-se para o Atlético e seguiu a trajetória de um dos principais destaques do clube, tanto no Juvenil quanto no Juniores.

Choco: sucesso também com a camisa da seleção [foto: arquivo]


O sucesso com a camisa rubro-negra (sendo campeão Juvenil em 2006 e 2007) rendeu a Choco diversas convocações para as categorias de base da Seleção Brasileira, sendo campeão Sul-Americano Sub-15 (2005) e campeão do Torneio de Tampo com a seleção Sub-15 (2005). Ano passado, ele participou dos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro e do Mundial Sub-17, na Grécia, além de ter se consagrado campeão Sul-Americano Sub-17, no Equador.

Eduardo Salles

Eduardo Faria Machado de Salles Filho tem 17 anos e joga no Atlético desde 2004, colecionando títulos e marcando muitos gols, confirmando a fama de artilheiro em diversas competições que o clube disputou. Pela categoria infantil, conquistou a Copa Nossa Senhora da Graças e a 3ª Copa Brasil, em 2004, e o Campeonato Metropolitano do 1º Semestre e o Torneio Brasileirinho, em 2005. Em 2006, sagrou-se campeão e também artilheiro do Campeonato Metropolitano juvenil e foi campeão Paranaense juvenil. Ano passado, apesar de estar disputando com o time de Juniores competições como a Copa São Paulo e a Taça BH, reforçou o Furacão Juvenil na decisão do campeonato estadual, conquistando mais uma vez o título na categoria.

Além do faro de gol, o atacante Eduardo Salles tem como diferencial ser também um torcedor atleticano. “Eu, como torcedor, espero continuar por muito tempo para poder jogar na Arena. Eu sei como é sofrer e comemorar junto com o time. É um sonho jogar na Arena, ouvir a galera gritar meu nome, mas também é uma responsabilidade. Quero continuar fazendo o meu trabalho, procurar evoluir mais a cada categoria, fazer mais gols e subir mais rápido para o profissional”, disse em entrevista exclusiva à Furacao.com em janeiro de 2007, quando tinha sido recém-promovido ao Juniores.

Pimba

Gabriel Lima Oliveira tem 17 anos e chegou ao Rubro-negro em 2006, para atuar na equipe Juvenil. No mesmo ano, participou da Copa Chivas, no México. Ano passado, no time de Juniores, foi considerado um dos principais jogadores da categoria, destaque na Copa São Paulo e na Taça BH. Além disso, reforçou o time Juvenil na conquista do Campeonato Paranaense da categoria. O meia também foi um dos destaques atleticano no Campeonato Brasileiro Sub-20, disputado no final do ano.

Renan

Quando atuava nas categorias de formação do Atlético, o volante Renan Rodrigues da Silva era conhecido como Foguinho. Líder dos grupos em que participou, tradicionalmente ele utilizava a tarja de capitão. Pelo Atlético, chegou a participar de uma partida da Copa dos 100 Anos, em 2006, além de ter conquistado títulos pelo Departamento de Formação, como o Paranaense Juvenil em 2006 e no ano passado. Em 2006, também integrou o elenco atleticano bicampeão da Taça BH.

O sucesso com a camisa atleticana rendeu a Renan a convocação para defender a equipe de Curitiba nos Jogos da Juventude de 2006, conquistando o título para a equipe da capital. O jogador está no Atlético desde 2004 e este ano completará 19 anos.

Ano passado, ele foi um dos atletas observados pelo então técnico Antonio Lopes no time de Juniores e indicado pelo treinador para integrar o time profissional – João Carlos, Rogerinho, Dudu e Fernando Mineiro foram outros atletas pinçados por Lopes naquela oportunidade.

Clique aqui para conferir a ficha técnica de todos os jogadores do elenco atleticano para 2008.



Últimas Notícias