11 jan 2008 - 0h11

Torcedor é convocado a participar

Aprovado! Essa é a análise que se pode fazer do plano Sócio Furacão 2008, anunciado pela diretoria do Atlético na última sexta-feira. Desde então, os atleticanos vêm discutindo a questão em rodas de conversas, grupos de e-mails e fóruns de discussão na Internet. A grande maioria dos torcedores reconhece as vantagens oferecidas pelo clube para a associação este ano, um indício de que o número de sócios do Atlético deve aumentar consideravelmente nesta temporada. Enquete da Furacao.com confirma a satisfação da torcida em relação aos novos valores de associação: até o momento, 84% dos internautas aprovam os valores.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, a formatação do plano levou em consideração as mais de cinco mil sugestões enviadas pelos torcedores ao clube. “Estamos lá para servir os nossos torcedores e vamos juntos. Procuramos atender a maioria das sugestões e acredito que está todo mundo feliz e satisfeito. Além disso, estamos recebendo apoio de todos os lados. Nos convencemos, as sugestões vieram, não foi possível atender todas, mas atendemos a maioria. Mas, no espírito do novo momento do Atlético Paranaense, todos estão felizes”, afirmou em entrevista coletiva nesta quarta-feira, antes do jogo contra o Rio Branco, em Paranaguá.

Hoje, o Atlético Paranaense tem cerca de três mil atleticanos incorporados em seu quadro social. De acordo com Petraglia, a meta é chegar próximo a 10 mil sócios ao final de 2008. O otimismo para isso é justificado, afinal o plano Sócio Furacão 2008 teve uma diminuição de R$ 10,00 em relação ao plano mais barato da temporada passada (com mensalidade de R$ 60,00 nos setores Gols da Buenos Aires e Madre Maria) – o que equivale a uma redução de 17%. “Se pudéssemos, teríamos baixado mais ainda, precisamos de um faturamento para sobreviver. Mas, pelo engajamento, teremos muito mais resultado. Aquela política foi mudada, os atleticanos nos abriram os olhos”, disse Petraglia.

Outra novidade bastante elogiada pelos torcedores foi o plano especial para menores de 18 anos, com o valor mensal de R$ 25,00. "Uma nova modalidade para menores pagando 50% menos será um atrativo à família. Quanta gente não vai porque pai e dois filhos seria inviável. Três associados nesses termos (R$ 100,00) pagariam nem dois pacotes ano passado (R$ 120,00 nos setores mais baratos)", escreveu o atleticano Thiago Henk no Fórum Furacao.com.

Apoio da torcida

Na entrevista coletiva, Petraglia destacou o importante papel do torcedor para levar o Atlético a lugares mais altos no cenário nacional e internacional. “O projeto continua o mesmo, a parceria, o que mudou foi um pensamento e decisão política de relacionamento com a torcida. Para buscarmos os objetivos que o Atlético pretende e alcançou até hoje e diminuirmos as desigualdades com os clubes do eixo Rio-São Paulo, Minas Gerais e também Rio Grande do Sul temos que trabalhar muito. E sem a nossa torcida, sem o engajamento de toda essa nação vermelha e preta que torce para o Furacão nós não chegaremos”, afirmou.

Sócio Furacão 2008 será lançado nesta segunda-feira

Segundo ele, o crescimento do Atlético hoje depende da participação em massa dos torcedores na condição de sócios do clube e, para isso, convoca a torcida para aderir ao plano Sócio Furacão. “Temos certeza da consciência e a tranqüilidade no olhar de todos os atleticanos. Eu tenho uma visão mais filosófica, que queremos continuar o desenvolvimento do clube e queremos o crescimento cada vez maior. Nesse momento esse crescimento passa pela participação dos sócios de forma circunstancial que foi até hoje. É agora a hora da decisão da participação do torcedor”, disse.

O discurso de união entre todas as correntes que formam o Atlético foi salientado por Petraglia. “Temos que ter uma amizade e um relacionamento que tivemos desde o começo da nossa história, alguns momentos mais distantes ou com alguns desencontros. Mas sempre trabalhamos para o bem da nossa torcida, para a alegria dos nossos torcedores e para o crescimento do nosso clube. Temos que estar mais próximos, de mãos dadas e abraçados”, comentou.

Fidelização do torcedor
Um ponto bastante destacado pelos torcedores é a questão da fidelização do torcedor. Para comprovar essa teoria, muitos fazem as contas para contabilizar os ganhos financeiros comparados ao ingresso avulso (R$ 30,00 para a temporada em qualquer lugar do estádio), concluindo que o plano ficou de acordo com o bolso e a paixão do torcedor. "A diretoria trabalhou bem, amarrou o preço avulso do ingresso com o preço da mensalidade, assim o torcedor não tem mais desculpas para não se associar", destaca o colaborador da Furacao.com Silvio Toaldo Junior.

O fim da setorização da Arena da Baixada é o ponto mais polêmico do novo plano. Se por um lado os torcedores comemoram o fim da divisão do estádio (que muitas vezes era encarada por parte da torcida como uma divisão por camadas sociais, devido às diferenças no preço dos ingressos cobrados para cada setor), por outro alguns lamentam a ausência de um setor mais "popular" no estádio. "Se a intenção é mesmo a adesão e o aumento do número de sócios, era mais do que necessário um plano justo, único, sem diferenças de atleticanismo. É hora de comemorar! É o fim da setorização! É um só Atlético, o Atlético de uma só torcida… é o Atlético de todos nós!", diz o colunista da Furacao.com, Rogério Andrade. "Eu acho que os planos ficaram melhores, mas sinto falta de um setor popular, com ingressos avulsos mais baratos. É o meu único senão", pondera o atleticano Felipe Marques e Silva, no Fórum Furacao.com.

Confira alguns comentários dos torcedores atleticanos a respeito do Plano Sócio Furacão 2008 publicados no Fórum Furacao.com, além da análise de alguns colaboradores do site sobre a questão:

"O plano de sócios para 2008 foi um grande passo da diretoria. Um grande avanço! Se fosse para colocar um ponto negativo na idéia, diria que o sócio que opta pelo pacote de R$ 50,00 poderia ter direito a um ingresso extra para a primeira fase do campeonato paranaense, o qual continuará desvalorizado com este novo plano. Fora o benefício que citei, acredito que as demais vantagens estão de acordo com o bolso e com a paixão do torcedor. O clube ainda foi além e buscou o modelo de sócio utilizado por outros clubes, no valor de R$ 25,00. Além disso, o merecido plano de sócio aos menores de 18 anos, também com valor reduzido, excelente! Com este novo plano, sem a necessidade de renovação anual, podemos considerar justo o valor do ingresso avulso. Se a intenção é mesmo a adesão e o aumento do número de sócios, era mais do que necessário um plano justo, único, sem diferenças de atleticanismo. É hora de comemorar! É o fim da setorização! É um só Atlético, o Atlético de uma só torcida… é o Atlético de todos nós! Se tanto cobramos, agora chegou a hora da nossa resposta. Eu vou me associar. Seja sócio você também!" – Rogério Andrade, colunista da Furacao.com

"Agora não tem mais desculpas, a diretoria abriu as portas do Clube para quem realmente quer se associar. Em uma conta puramente matemática, se tivermos quatros jogos em um mesmo mês dentro de casa com os preços praticados no segundo semestre de 2007 o torcedor já economiza R$ 10,00. A diretoria trabalhou bem, amarrou o preço avulso do ingresso com o preço da mensalidade, assim o torcedor não tem mais desculpas para não se associar. Outro ponto relevante, se nem Jesus Cristo agradou todo mundo não seria a diretoria do Atlético que atacaria de "bom samaritano" e faria esse trabalho. Se o preço fosse menor ainda teria gente reclamando, portanto, o torcedor atleticano, pode e deve se juntar ao clube para termos um bom ano em 2008." – Silvio Toaldo Junior, colaborador da Furacao.com

"Foi uma baita notícia, vai ser maravilhoso ver o Caldeirão fervendo o ano inteiro. Não sei se 20.000 sócios é sonhar alto, mas acredito que vamos disparar no número de sócios, quem sabe chegaremos perto disso. Vai ser melhor ainda a galera saber que ou é sócio ou vai perder o ano todo. Parabéns, Mario Celso Petraglia, mais um passo na direção da torcida." – Rui Jorge Oliveira Coelho, engenheiro, no Fórum Furacao.com

"Com o estádio mais cheio o clube lucra mais. Com o povo podendo ir cria um fanatismo maior ainda, o torcedor participa mais do clube, compra mais os seus produtos, briga mais por ele… e isso é tudo que precisamos neste momento. Parabéns diretoria, o melhor presente de Natal atrasado que poderia receber." – André Luís Pontes, estudante de Direito, no Fórum Furacao.com

"O único problema é que a diretoria deveria ter separado pelo menos um local embaixo, atrás do gol, para fazer preços populares, a 15 reais. De resto achei ótima a iniciativa. Foi uma grande melhora e imagino que as coisas estão caminhando melhor. Os planos estão se tornando melhores e uma hora chegaremos a um equilíbrio." – Gustavo Camargo, advogado, no Fórum Furacao.com



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…