O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
22 jan 2008 - 16h26

Acertar é fácil, errar é a única certeza

O título do meu texto pode parecer contraditório, mas em se tratando do departamento responsável pelo Sócio Furacão do Atlético é 100% correto.

Sou sócio GVSUP setor 309 desde abril do ano passado e tenho comparecido a todos os jogos (na alegria e na tristeza). Como todo atleticano, fiquei muito feliz com a redução no valor, fato este que me motivou a adquirir mais três cadeiras. Contatei o pessoal do Sócio Furacão e me deixaram mais feliz ainda (ou seria iludido?) informando que os atuais sócios teriam preferência em adquirir novas cadeiras.

Assim que tivesse início a operação, haveria uma semana só para os atuais sócios fazerem novas aquisiçõe, etc… O desenrolar da história todos nós conhecemos: mais uma vez foi vergonhoso o que aconteceu, em se tratando de uma empresa “Top of mind”.

Hoje ao comparecer ao espaço “Sócio Furacão” para regularizar a parcela de janeiro, a qual não foi debitada em meu cartão de crédito, mesmo “o mesmo” estando em dia, três situações me chamaram a atenção:

1) Um senhor que merece todo o meu respeito e admiração, que da sua simplicidade sacou um papel anotado a caneta, no qual ele como atleticano que é e que merece toda a minha credibilidade, afirmava que haviam lhe dado uma senha para que ele retirasse os ingressos para o jogo do Cascavel. Informaram-lhe que ele deveria adquirir os ingressos na bilheteria porque o “processo” dele não havia sido concluído.

2) Um professor universitário, com o comprovante de pagamento em mãos, efetuado na segunda-feira do caos, com o qual ele já havia retirado os ingressos do jogo contra o Engenheiro Beltrão, aos berros, com todo direito, exigindo os ingressos do jogo com o Cascavel. Os atendentes com informações desencontradas, diziam-lhe que ele teria que ter retirado os ingressos no mesmo dia e que a “diretoria” não havia autorizado a entrega. Após registrar uma queixa à diretoria, o professor se retirou indignado. Logo que ele saiu, uma das atendentes saiu correndo atrás dele tentando alcançá-lo para dizer que um tal de “Paulo” havia liberado os ingressos para ele junto à “diretoria”.

3) A minha situação, onde fiquei muito feliz mesmo, ao tentar achar no setor 309 ou redondezas cadeiras vazias no quadro onde marcam as cadeiras já ocupadas por sócios. Não encontrei uma só cadeira livre! Ao perguntar se ao menos eu poderia “reservar” alguma das cadeiras ainda não marcadas em outros setores no quadro, mais uma vez recebi a negativa, dizendo que só quando o “sistema” voltar ao ar será possível.

Parabéns aos atleticanos que aderiram em massa aos novos planos e a minha solidariedade aos sócios “antigos” como eu, que mais uma vez fomos desprezados pela diretoria atleticana. Será que ganharemos outra camisa de “Sócio Furacão” como quando reduziram o preço dos ingressos? Quem sabe…



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……