30 jan 2008 - 19h40

Contestado, Michel foi substituído mais uma vez

O lateral-esquerda Michel foi o escolhido pelo técnico Ney Franco para deixar a equipe no intervalo de jogo e proporcionar uma mudança na forma do Atlético jogar contra o CAC/Lusa. Em seu lugar, entrou o estreante Irênio. Com isso, Netinho foi deslocado para a ala-esquerda e Irênio ficou incumbindo de armar as jogadas. O time subiu de produção, fez quatro gols e virou a partida.

Esta foi a quarta vez que Michel foi substituído por Ney Franco nesta temporada. Ao lado de Netinho, ele é o jogador mais sacado da equipe durante os jogos. O zagueiro Antonio Carlos e o Rodrigão foram substituídos três vezes cada. Michel deixou o campo para a entrada de Nei nos jogos contra o Real Brasil e Coritiba, para a entrada de Willian no jogo contra o Cascavel e, agora, para a entrada de Irênio.

Somente no jogo contra o Real a saída de Michel não visou a tirar o Atlético de uma situação difícil. Contra Coritiba, Cascavel e CAC/Lusa, o Furacão enfrentava uma situação difícil no marcador e o lateral foi sacado ainda no intervalo. Das quatro vezes que Ney Franco fez mudanças já no intervalo de jogo, três atingiram Michel – a outra envolveu a saída de Rodrigão para a entrada de Marcelo Ramos, no jogo contra o Cascavel.

Michel tem sido criticado pela torcida e por cronistas esportivos, que vêm lamentando as más jornadas do jogador neste início de temporada.



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…