2 fev 2008 - 7h38

Manchetes atleticanas deste sábado

Atlético calibra a bola parada
O Atlético deverá ganhar mais uma opção de bola parada na partida de hoje, às 16 horas, contra a Adap Galo, na Arena. A entrada de Irênio no meio-de-campo e a manutenção de Netinho (deslocado para a ala esquerda) e Jancarlos deixarão o Furacão com um poder ainda maior na cobrança de faltas e escanteios.

 

Atlético não terá dupla de colombianos hoje na Arena
Os colombianos Ferreira e Valencia, apontados como destaques do Atlético nesse início arrasador de temporada, vão desfalcar o time no confronto de hoje, às 16h, com o Adap Galo, na Arena da Baixada. Diante das baixas, o treinador Ney Franco ainda não definiu o "onze titular" que terá a incumbência de manter a invencibilidade da equipe no Campeonato Estadual – são sete vitórias em sete jogos – e também na Arena da Baixada – essa ainda maior, 13 partidas.

 

Sem colombianos, Atlético tenta a oitava vitória consecutiva
Os colombianos David Ferreira e Edwin Valencia desfalcam o Atlético na partida deste sábado, às 16 horas, contra o Adap Galo, na Baixada. Segundo informações do clube, ambos sofreram contusões e não poderão jogar. No entanto, especula-se que Ferreira, 28 anos, está sendo negociado com um clube do Oriente Médio e por isso estaria afastado da partida. Mas o diretor de futebol, Alberto Maculan, descartou essa hipótese.

 

Na busca de recorde, Atlético joga na Arena
Todo ano, a maioria dos clubes reclamam da falta de tempo para a pré-temporada. Só que no Atlético Paranaense, essa reclamação foi transformada em muito trabalho e hoje a equipe lidera o Estadual com sete vitórias, em sete partidas. Na busca para igualar o recorde de 11 vitórias seguidas do Furacão de 1949, a equipe recebe a Adap/Galo, às 16h, na Kyocera Arena.

 

Atlético colhe vitórias para fazer história
Líder isolado do Estadual, o Atlético planeja encerrar seu próprio Carnaval com mais seis pontos. Com dois jogos seguidos na Arena, o primeiro às 16 horas, diante da Adap Galo, o Rubro-Negro espera ampliar a sequência de vitórias para se aproximar da marca de 11 triunfos consecutivos do time de 1949, que originou o apelido de Furacão. O segundo adversário a ser batido é o Paranavaí, na quarta-feira de Cinzas, em partida da 14 rodada antecipada devido à participação atleticana na Copa do Brasil.

 

Atlético joga em busca de recorde
Todo ano, a maioria dos clubes reclamam da falta de tempo para a pré-temporada. Só que no Atlético, essa reclamação foi transformada em muito trabalho e hoje a equipe lidera o Estadual com sete vitórias, em sete partidas. Na busca para igualar o recorde de 11 vitórias seguidas do Furacão de 1949, a equipe recebe a Adap/Galo, às 16 horas, na Kyocera Arena.

 


Últimas Notícias