11 fev 2008 - 7h55

Manchetes atleticanas desta segunda-feira

Foi como um título
A Baixada viveu um domingo de final de campeonato. O segundo tempo da partida contra o Londrina lembrava uma decisão. A torcida apoiando sem parar na arquibancada, pressão intensa no gramado, Claiton chamando o time para cima e, no fim do duelo, jogadores girando a camisa, como se tivessem conquistado um título.

 

Atlético vence o Londrina e mantém série invicta
Por muito pouco, o Londrina não frustrou o sonho atleticano de igualar e quem sabe ultrapassar a histórica marca de 11 vitórias consecutivas no Campeonato Paranaense, que perdura desde 1949. Numa partida extremamente bem disputada, o Rubro-Negro só conseguiu encontrar o caminho do gol nos acréscimos do 2.º tempo e alcançou a impressionante marca de 10 triunfos em 10 jogos.

 

Gol aos 48 minutos mantém Atlético na busca por recorde de 49
Pé salvador no último minuto. Com um gol aos 48 minutos, do artilheiro isolado do Paranaense 2008, Marcelo Ramos (9 gols), o Atlético chegou a décima vitória consecutiva na competição, ao derrotar o Londrina por 1 a 0. Com o resultado, obtido na tarde de ontem na Baixada, a equipe do técnico Ney Franco fica a apenas uma vitória de igualar o recorde do Furacão de 1949. Naquele ano, o rubro-negro venceu 11 jogos seguidos.

 

Ney vibra com possibilidade do recorde
Desde que chegou ao Atlético Paranaense, o técnico Ney Franco vem colecionado bons resultados. Em 2007, da zona de rebaixamento à Sul-Americana. E em 2008, o treinador já alcançou a marca de 16 partidas invictos dentro de casa. No próximo sábado, o Atlético poderá alcançar o recorde de 11 vitórias consecutivas, estabelecido 1949.

 

Tubarão deixa empate escapar no fim
O Londrina bem que tentou interromper a sequência de vitórias do Atlético, mas tornou-se apenas o time que chegou mais perto disso. Foi impedido por gol de Marcelo Ramos, no final do jogo, em castigo imerecido para o time que soube anular o rival.

 


Últimas Notícias