20 fev 2008 - 1h00

Malucelli: "O Atlético só fez valer o seu direito"

Uma reunião nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, irá definir o futuro do lateral-direita Jancarlos. O jogador, o seu procurador Paulo Thebalde e o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, vão conversar sobre o vínculo do lateral com o Rubro-Negro. A possibilidade de o atleta permanecer na Baixada é remota.

Nesta terça-feira, o procurador afirmou que Jancarlos desconhecia a prorrogação do contrato com o Furacão. “O Atlético registrou uma prorrogação de contrato por mais dois anos sem nos consultar e isso não estava combinado. Era para o atleta sentar e conversar para ficar ou não por mais esses dois anos", disse Thebalde.

O Atlético não se pronunciou oficialmente sobre o caso. O diretor jurídico do clube, Marcos Malucelli, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, afirmou que Jancarlos e Paulo Thebalde sabiam da prorrogação do contrato. “O que foi feito já havia sido discutido previamente com o Jancarlos e o seu procurador e estava bastante claro. O Atlético só fez valer o seu direito”, relatou Malucelli.

O advogado atleticano explica que a questão de Jancalos é distinta do caso de Leandro Amaral, uma vez que envolve prorrogação de contrato, e não renovação. "Esse caso não tem nada a ver com o do Leandro Amaral, isso eu lhe garanto. Tudo já havia sido discutido, com o aval e conhecimento do jogador, e nós prorrogamos o contrato dentro do prazo que estava estabelecido. Por que precisaríamos informar o jogador? Essa história de dar opção de prorrogação ao clube e depois fazer alegações como essa, isso não é verdade", afirmou.

Entenda o caso

Na última semana, surgiram boatos de que o Corinthians estava interessado em sua contratação. Na quinta-feira, Jancarlos reclamou de dores lombares. Na sexta, não se apresentou para a viagem a União da Vitória, onde o Atlético jogaria contra o Iguaçu.

Na última segunda-feira, o lateral-direita não se reapresentou com o restante do elenco no CT do Caju. Em fevereiro de 2005, o jogador assinou um contrato de trabalho com o Atlético. O documento era válido por três anos, com cláusula de prorrogação por mais dois em caso de interesse do clube. Há nove meses, o clube exerceu a cláusula contratual e prorrogou o contrato por mais dois anos. A prorrogação até 2010 foi registrada pela CBF em maio. Agora, Jancarlos alega desconhecimento da prorrogação.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…