20 fev 2008 - 23h50

Ney Franco admite que Atlético jogou só o suficiente

O técnico Ney Franco reconheceu que o Atlético correu muitos riscos na partida desta quarta-feira diante do Cianorte, mas atribuiu isso a um desgaste natural da equipe. Ele explicou que o objetivo maior era bater a marca de onze vitórias seguidas e isso levou a um esforço físico e psicológico muito grande dos atletas. "A equipe entrou em campo com uma responsabilidade enorme. Sabíamos que o campo estava cheio e com os atletas que fizeram história do Atlético em 49 estavam nos assistindo. O grupo heróico e vencedor de 49 também esperava uma vitória. Tínhamos que confirmar a décima segunda vitória e a equipe jogou o suficiente para vencer o jogo", disse.

Na opinião do treinador, o Atlético jogou bem no início da partida, mas depois o rendimento caiu. O gol da vitória, por sinal, foi marcado aos 24 minutos do primeiro tempo. "Fizemos os primeiros 20 minutos muito bem e depois jogamos abaixo do que podemos jogar. Vários fatores pesaram para isso e vamos ver onde erramos e deixamos o adversário crescer no jogo. Arrumando isso podemos evitar algum tropeço", prometeu.

Ney disse que a equipe poderia ter tropeçado, mas comemorou a seqüência de vitórias mantida. "Corremos alguns risco de sofrer o gol de empate e tropeçar em casa. Mas valeu os três pontos e a festa toda que foi feita. Esse grupo de 49 e o grupo atual agora fazem parte da história do Atlético Paranaense. Foi uma noite bonita e com festa para todo mundo", comentou o técnico.

Sobre o recorde de vitórias consecutivas no futebol paranaense, Ney Franco revelou que o fato ficará marcado em sua carreira. "Isso representa muito para a minha carreira que eu avalio que é vitoriosa. Saí do Ipatinga e consegui o título estadual mesmo estando no interior. Chegamos a semifinal da Copa do Brasil eliminando times grandes. Depois tive uma passagem de uma no e dois meses no Flamengo e dei três voltas olímpicas. Agora no Atlético estou conseguindo colocar em prática o meu trabalho que tem tudo para ser vitorioso aqui também", disse ele. "Com toda a certeza vou chegar em casa e colocar essa conquista no meu currículo".

Torcida

Além de comentar o desempenho dos atletas e o recorde histórico, Ney Franco aproveitou a coletiva para elogiar a torcida rubro-negra. "Temos um elenco que pode brigar por títulos, uma torcida maravilhosa que faz prevalecer o mando de campo. Sob o meu comando foram 16 jogos com 15 vitórias e apenas um empate", celebrou.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…