26 fev 2008 - 20h55

Emanuel substitui Jade no revezamento da tocha

Eleita em uma disputa com o nadador Thiago Pereira para carregar a tocha olímpica em sua passagem pela América do Sul, na Argentina, Jade Barbosa não o fará. A ginasta pediu dispensa da tarefa por motivos profissionais e deu lugar ao jogador de vôlei de praia Emanuel, anunciou hoje a empresa promotora do evento.

"É uma honra, todo atleta gostaria de participar. Fiquei surpreso, pois pensei que seria a Jade", declarou Emanuel. Durante o percurso que fará com a chama dos Jogos Olímpicos de Pequim, o atleta será acompanhado por seu parceiro, Ricardo.

O evento está marcado para abril, em Buenos Aires, cidade escolhida para representar a América do Sul no revezamento. Diferente do que ocorreu nos Jogos de Atenas, em 2004, a tocha não passará pelo Brasil a caminho da China.

Jade Barbosa havia sido escolhida para carregar a chama em uma votação popular pela Internet. No entanto, de acordo com a atleta que se destacou nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, seu calendário não permitia a participação.

Quando perguntado se achava injusto o Brasil não receber a tocha, Emanuel afirmou que não está preocupado com isso, mas sim em levar o verde e amarelo para Buenos Aires e para o mundo.

"Não tenho nada contra em ser na Argentina (e não no Brasil). Tenho que respeitar. Eles devem ter seus méritos, mas isso não interfere em nada e o importante é representar o Brasil", comentou Emanuel.

Além da Argentina, o percurso da tocha inclui outros 19 países. O revezamento acaba no dia 8 de agosto, data da cerimônia de abertura da Olimpíada 2008. Na festa que abre oficialmente os Jogos, a pira do Estádio Ninho de Pássaro será finalmente acesa.



Últimas Notícias