2 mar 2008 - 19h17

Torcida gritou os nomes de Ferreira e Claiton

Quem é ídolo, jamais perde um posto especial no coração da torcida atleticana. Esse fato foi mais uma vez comprovado no jogo deste domingo, entre Atlético e Toledo. Apesar de não fazerem mais parte do elenco atleticano, negociados recentemente com o mercado internacional, o meia Ferreira e o volante Claiton foram lembrados pela torcida, tendo seus nomes gritados das arquibancadas da Baixada.

Após a tradicional saudação individual a todos os atletas em campo na partida, a torcida gritou pelos ídolos. Primeiro foi o meia David Ferreira, emprestado ao Al-Shabab, dos Emirados Árabes, há cerca de um mês. Das arquibancadas, os torcedores gritaram “Ferreira! Ferreira!”, lembrando do jogador.

Depois foi a vez de Claiton, que na semana passada foi negociado com o Consadole Sapporo, do Japão. Primeiro, os torcedores gritaram o nome do ex-capitão e principal liderança do time e logo em seguida emendaram o canto que se tornou uma espécie de marca registrada da passagem do volante no clube: “o, o, o… Claiton predador!”.



Últimas Notícias