4 mar 2008 - 11h21

Atlético tem ingresso mais caro fora do eixo Rio-SP

O Atlético-PR tem um dos estádios mais modernos do Brasil, a Arena da Baixada. O torcedor tem à disposição lojas, restaurantes, entre outras facilidades. Mas o conforto tem preço. Os torcedores do Furacão são os que vão gastar mais dinheiro entre todos de clubes da Série A (sem contar Rio e São Paulo) para assistir às partidas da equipe em casa no Campeonato Estadual e pelas etapas iniciais da Copa do Brasil.

O ingresso de arquibancada na Arena custa R$ 30 (inteira). Até o último fim de semana, o torcedor rubro-negro que compareceu aos oito jogos do time em casa gastou R$ 240. E para ver os demais pelo Paranaense e mais as partidas pelas duas primeiras etapas da Copa do Brasil, o gasto subiria para R$ 450.

Os torcedores do Coritiba não terão que desembolsar tanto para acompanhar a equipe no Couto Pereira. Como a entrada no estádio custa R$ 20, os coxas já gastaram R$ 160. E teria que garantir mais R$ 140 para os demais jogos pelo Estadual (incluindo as finais) e os dois primeiros em casa pela Copa do Brasil. Um total de R$ 300.

Mais ao sul, no duelo Gre-nal, os torcedores do Grêmio terão que reservar um orçamento maior que os do Inter para comparecer a todas as partidas da equipe em casa pelo Campeonato Gaúcho e até a segunda fase da Copa do Brasil. A diferença é apertada: R$ 320 a R$ 300.

Os R$ 20 a mais para os gremistas são conseqüência do time ter vencido o Jaciara-MT por apenas 1 a 0 no jogo de ida da etapa de abertura da Copa do Brasil, exigindo a realização da partida de volta no Olímpico. O Inter ganhou uma folga ao golear o Nacional-PB por 4 a 0. Até o momento, os gremistas desembolsaram R$ 120 para acompanhar in loco as seis partidas no Olímpico (cinco do Gaúcho e uma da Copa do Brasil), contra R$ 80 dos colorados (quatro pelo Estadual).

Para ver a matéria completa, clique aqui.



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…