9 mar 2008 - 18h11

Ney Franco alerta que agora começa um novo campeonato

O que passou já era. A famosa expressão usada pelo narrador Sidney Campos é o lema do técnico Ney Franco para o time do Atlético, que agora se prepara para o início do segundo turno do Campeonato Paranaense. segundo o treinador atleticano, o grande desafio agora é esquecer tudo o que de bom e de ruim aconteceu neste início de temporada, se concentrando para passar para as semifinais do Campeonato Paranaense. “Agora é esquecer o passado, bola pra frente e manter a mesma performance no Campeonato Paranaense”, afirmou Ney Franco em entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 sobre o Iraty na sala de imprensa improvisada, no gramado do estádio Coronel. Emílio Gomes.

Confira a avaliação do treinador atleticano sobre a partida:

AVALIAÇÃO DO PRIMEIRO TURNO:
“Na seqüência do campeonato agora, com a nova forma de disputa, zerando tudo. Nós fizemos um jogo após a eliminação. Agora é passar a borracha de tudo o que passou pra trás, tanto a campanha na primeira fase no Campeonato Paranaense e também na situação na Copa do Brasil. Essa vitória psicologicamente foi importantíssima., podemos entrar com todo o grupo em campo na quarta e os atletas bem no aspecto emocional.”

APOIO DA TORCIDA:
“Gostei também da reação da torcida que estava em campo hoje nos acompanhando. A vitória é uma maneira de retribuir esse carinho. Agora vamos respirar essa competição o dia inteiro para poder brigar pelo título.”

ANÁLISE DA PARTIDA:
“O jogo foi truncado, equilibrado na parte física, e muito faltoso também. Vai ser isso agora nessa reta final do Paranaense, jogos muito disputados. Ganhar do Iraty aqui dentro sempre é muito difícil. Foi interessante a gente ganhar. Foi um jogo com pouca posse de bola, mas gostei muito do resultado.”

PROJETO PARA A SEGUNDA FASE:
“Estou projetando continuar na competição com a mesma pegada, determinação. Ter a competência de sempre que sair de casa conseguir o resultado positivo e dentro de casa prevalecer o mando de campo. Vamos lutar para sermos um dos dois classificados para a fase final, se possível terminar em primeiro da nossa chave.”

AUSÊNCIA DE DANILO:
“O Danilo reclamou na quinta-feira de dor, treinou na sexta e hoje, no aquecimento, reclamou novamente. Pelo que ele nos passou, se fosse um jogo decisivo, ele jogaria hoje. Então acho que não vamos ter problemas quanto à sua presença na quarta. Hoje tiramos o Danilo, o Valencia, que recebeu cartão, para não correr risco. Depois o Alan e o Antonio Carlos levaram cartão, optamos em tirar o Alan também para na quarta ter a disposição todos os atletas para enfrentar o Engenheiro Beltrão.”



Últimas Notícias