20 mar 2008 - 11h33

Jogadores se unem em torno do objetivo máximo

Na bela e simpática cidade de Irati, a partir das 15h30 deste domingo de Páscoa, que significa para os cristãos o renascer de uma nova vida, o Atlético começa sua luta em busca do título estadual que persegue desde 2005. Se a situação atual é delicada e faz com que cada jogo seja uma verdadeira “decisão de Copa do Mundo”, o primeiro capítulo desta história começa a ser escrito neste final de semana.

Segundo o treinador Ney Franco, “todo mundo que está envolvido diretamente com o Atlético (torcedores, diretoria e os profissionais que estão aqui) tem o objetivo de ver o clube se dando bem. Então eu acho que seria bom que todos participassem, porque é um momento que requer muito cuidado”. Em ocasiões anteriores, a união entre dirigentes, jogadores e torcedores já mostrou que nada é impossível para um Atlético unido.

Se o apoio da torcida é importante em qualquer circunstância, torna-se ainda mais decisivo num momento como este, em que só a vitória interessa ao Atlético. Espera-se que boa parte da torcida vá até Irati, que dista 156 km de Curitiba pela BR 277, passando por dois pedágios, um logo na subida da serra em São Luis do Purunã e outro próximo de Porto Amazonas, já chegando próximo à cidade.

Quem prefere ir de excursão pode conseguir vaga em algum dos ônibus da Torcida Organizada Os Fanáticos, que sairão em frente a sua sede às 11h00 de domingo. O custo da passagem é de R$ 20 para sócios em dia e R$ 35 para não sócios e os inadimplentes. Mais informações e reservas podem ser feitas através do telefone (41) 3332-5984 ou na sede da torcida na Rua Menna Barreto, a uma quadra do Joaquim Américo.

A presença da torcida em Irati pela última rodada da fase de classificação surpreendeu os atletas, pois havia poucos dias da precoce eliminação na Copa do Brasil em casa para o desconhecido Corinthians de Alagoas. Mesmo assim a torcida fez sua parte e comemorou a difícil vitória sobre o Azulão por 1 a 0, gol do lateral-esquerda Michel.

Nas palavras do capitão Antonio Carlos, “a diretoria já foi atrás de alguns reforços que podem nos ajudar. Precisamos vencer esse próximo jogo no domingo, porque se vencermos ainda temos grandes chances de garantir uma vaga nas semifinais. Então esperamos que todos estejam unidos para que possamos conseguir os nossos objetivos.“

Assim segue o Furacão, com treinamentos de finalização e táticos nesta quinta e coletivo apronto na sexta-feira. Ney Franco ainda não definiu a equipe, mas se especula que Alan Bahia possa retornar para jogar ao lado de Valencia na contenção e que Netinho ganhe uma vaga na meia-cancha no setor de criação. Para ele, “é importante que todos sigam juntos nessa caminhada pois estamos conseguindo entrar nesse caminho e se juntarmos time, diretoria e torcida temos tudo para conseguir a nossa classificação.” Decididamente, nada é impossível para um Atlético unido.



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…