30 mar 2008 - 19h12

Léo Medeiros diz que ainda precisa de ritmo de jogo

O volante Léo Medeiros fez neste domingo a sua primeira partida como titular do Atlético. Ele substituiu Alan Bahia, herói dos dois últimos jogos, que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No primeiro tempo do jogo contra o Engenheiro Beltrão, Léo atuou como volante, na mesma função de Alan. Na etapa final, exerceu o papel de lateral-esquerda, em razão da alteração tática promovida pelo técnico Ney Franco. "Eu já joguei várias vezes dessa forma, ao longo da minha carreira. Já joguei de volante, meia, lateral, ala. Nâo me incomodo com isso. O grupo tem jogadores de raça, de habilidade, de toque, de força. Com essa mescla, nós temos um time competitivo", explicou.

Na sua avaliação, seu rendimento foi melhor jogando como lateral. "Eu achei que no segundo tempo eu me movimentei melhor, fiz algumas jogadas pela esquerda. Mas é minha segunda partida no ano, acho muito pouco. Você vê outros jogadores com bastante força. No decorrer das partidas, eu vou pegando isso tranqüilamente", prometeu.

Sobre a falta de ritmo de jogo, Léo Medeiros reconheceu que ainda precisará de mais algumas partidas para adquirir a forma ideal. "Importante que a gente vai ganhando ritmo de jogo. Foi a segunda partida que eu fiz no ano, então sinto um pouco", admitiu.

Força da torcida

O mais recente reforço atleticano elogiou a participação da torcida durante a partida em que o Furacão derrotou o Engenheiro Beltrão por 2 a 1. "Já joguei contra aqui, várias vezes. Nunca consegui ganhar do Atlético aqui. A gente sabe que a pressão da torcida é muito grande, eu vi isso hoje aqui. A torcida apoiou o tempo todo", finalizou.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…