6 abr 2008 - 18h47

Ney Franco reconhece dificuldade diante de retrancas

Com o empate diante do Iraty, neste domingo, o Atlético garantiu uma das vagas para a semifinal do Campeonato Paranaense. No próximo final de semana, a equipe enfrenta o Toledo, na Arena. O técnico Ney Franco concedeu entrevista coletiva à imprensa e avaliou o desempenho rubro-negro. Confira a entrevista do treinador atleticano:

CLASSIFICAÇÃO
"Conseguimos nosso objetivo de passar de fase, mas nos últimos jogos não fomos muito bem. No próximo jogo teremos a volta do Marcelo Ramos, que é um artilheiro e faz falta quando não joga".

WALLYSON
"Hoje vimos a estréia do Wallyson, que estreou bem e com isso ganhamos mais uma opção de ataque. Está faltando, e já conversamos com os jogadores, que quando pegamos equipes que jogam atrás não temos a competência de fazer os gols e vencer as partidas. Foi assim contra o Paraná e agora conta o Iraty".

PRÓXIMA FASE
"Agora a competição muda de características e parte para o mata-mata. Temos uma ligeira vantagem jogando por dois empates. Então, não podemos sair do jogo em casa com um resultado diferente da vitória".

CARTÕES
"Nossa equipe tem uma característica que recebe poucos cartões. No jogo passado recebemos três amarelos para zerar os cartões. Hoje foram cartões normais, de jogadores de defesa que precisaram parar a jogada. Mas isso não nos preocupa".

DESFALQUES
"No jogo de hoje jogamos sem um dos artilheiros da competição. O Marcelo Ramos é uma referência e faz falta. O Alex substituiu muito bem o Antônio Carlos e no setor do meio de campo a ausência do Valencia não foi o motivo pelo qual jogamos mal. Com os retornos desses três atletas esperamos ter mais eficiência".

PEDRO OLDONI
"A falta de um jogador no banco não deu reflexo no nosso resultado. O Willian também sabe fazer gols de cabeça, mesmo não sendo um jogador alto. Não tivemos competência nas bolas aéreas e também nas jogadas pelo meio. Ficamos devendo um pouco na parte ofensiva".

VANTAGEM NAS SEMIFINAIS
"Não podemos achar que essa vantagem irá nos dar garantia de classificação. Temos que trabalhar e vencer dentro de casa. Precisamos fazer valer o mando de campo. Jogar bem na primeira partida será essencial. Tivemos a eliminação na Copa do Brasil no sistema de mata-mata e vamos preparar a equipe para passar do Toledo, que será muito complicado. Terminado os dois jogos, se acontecer de ocorrer resultados iguais, podemos comemorar a classificação".

CLASSIFICAÇÃO
"A responsabilidade é nossa. No primeiro jogo temos que vencer dentro de casa, sabendo sempre que a responsabilidade maior será nossa. O Toledo está fazendo uma ótima campanha, mas entramos com muita responsabilidade para esse confronto".

MARCELO RAMOS E WALLYSON
"Existe a possibilidade. Pode ser uma dupla interessante para a seqüência da temporada. O Wallyson não agüenta um jogo inteiro, então precisamos ver o que é mais importante para a nossa equipe. Ele pode começar jogando ou entrar no segundo tempo. Vamos resolver isso apenas durante a semana nos treinamentos".



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…