8 abr 2008 - 20h32

Wallyson pode ser a novidade no ataque

O atacante Wallyson pode ser a novidade no ataque atleticano no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paranaense, contra o Toledo, sábado, na Arena da Baixada. Contando com a volta de três titulares que cumpriram suspensão na última rodada (o zagueiro Antonio Carlos, o volante Valencia e o atacante Marcelo Ramos), o treinador já adiantou que não pretende fazer muitas mudanças no Furacão. A única dúvida é no ataque, para definir qual é a melhor estratégia: começar com Wallyson no time ou deixá-lo no banco, como opção para o decorrer da partida. Isso porque o atacante, que ficou um longo período em tratamento no Departamento Médico, ainda não tem condições físicas para agüentar os 90 minutos de jogo.

“Não mudaremos muito a nossa equipe. Durante toda a temporada fizemos poucas mudanças. Jogaremos com três zagueiros e podemos mudar o ataque, para jogar com ou sem o Wallyson. Tirando isso não vamos mexer na nossa escalação”, disse Ney Franco.

A maior dúvida é com relação à lateral-esquerda, em que o treinador tem três opções para a posição – e todas foram testadas recentemente. Netinho, Léo Medeiros e Piauí disputam uma vaga nessa posição.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…