13 abr 2008 - 8h36

Manchetes atleticanas deste domingo

Gol relâmpago ameniza falta de inspiração do Atlético
Uma confusão no fim do jogo entre Atlético e Toledo ontem, na Arena, deve esquentar ainda mais o clima para a segunda partida das semifinais do Paranaense, que será realizada no próximo domingo, dia 20, no Estádio 14 de Dezembro, no interior do estado. Mesmo vencendo o Porco por 1 a 0, o Rubro-Negro saiu vaiado pela torcida devido ao fraco desempenho em campo. Mas o problema ainda está por vir: depois do apito final, o atacante Marcelo Ramos, que vinha tendo uma atuação inexpressiva, desferiu um soco no zagueiro Ciro.

 

Atlético pode até perder por um gol de diferença
O Atlético deu um grande passo para chegar à decisão do Paranaense ao derrotar o Toledo, por 1 a 0, na tarde de ontem, na Arena. Com o resultado, o Rubro-Negro pode perder por um gol de diferença na partida no oeste do Estado que ainda se classificará, isso graças à vantagem que o regulamento dá ao time de melhor campanha – atuar por dois resultados iguais. Apesar de não apresentar um bom futebol, principalmente no segundo tempo, o Furacão saiu de campo comemorando a vitória. O Toledo perdeu, mas fez uma ótima partida, criando a expectativa de uma boa decisão na próxima semana.

 

Atlético vence o Toledo em jogo mais que dramático
Em um jogo dramático, o Atlético-PR venceu neste sábado o Toledo no Estádio da Baixada. Venceu por 1 a 0 o primeiro jogo das semifinais do Paranaense e manteve a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

 

Atlético sofre, mas vence Toledo por 1 a 0
Mesmo fazendo o gol com menos de um minuto de jogo, o Atlético-PR conquistou a vitória por 1 a 0 sobre o Toledo na base do sufoco, neste sábado, na Kyocera Arena, pela semifinal do Campeonato Paranaense. Sem mostrar um bom futebol, o Rubro-Negro sofreu, mas conquistou uma boa vantagem, graças ao gol do volante Valencia.

 

Rivais reprovam decisão do Atlético
A decisão do Atlético de querer cobrar das rádios os direitos de transmissão das partidas do Campeonato Brasileiro parece não ter agradado seus principais rivais. Embora não tenha criticado a postura do Furacão, o presidente do Paraná, Aurival Correia, acredita que essa atitude não será seguida por nenhum outro clube.

 


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…