15 abr 2008 - 8h01

Manchetes atleticanas desta terça-feira

Súmula orienta denúncia no TJD
Caso chegue às finais do Campeonato Paranaense, o Atlético pode ter um desfalque sério em seu setor ofensivo. Isso porque a confusão envolvendo o atacante Marcelo Ramos e Ciro, zagueiro do Toledo, deixou o gramado e, pela súmula do árbitro da partida, Edivaldo Elias da Silva, deve chegar ao Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR).

 

Marcelo Ramos foi denunciado pelo árbitro
O tão aguardado relatório do jogo entre Atlético e Toledo, ocorrido no sábado, na Arena, foi divulgado na tarde de ontem e seu conteúdo foi prejudicial ao Atlético.

 

Árbitro relata agressão e complica Marcelo Ramos
O atacante Marcelo Ramos, 34 anos, corre risco de ficar um longo período afastado do futebol. O árbitro do jogo de sábado — Atlético 1×0 Toledo, na Baixada — relatou na súmula que o jogador agrediu com um soco o zagueiro Ciro, da equipe adversária. Edivaldo Elias da Silva escreveu que não viu o fato, ocorrido no gramado, logo após o apito final, mas explicou que o quarto árbitro, Divair Delfes Santos, viu a agressão.

 

Árbitro relata soco de Marcelo Ramos em Ciro
O árbitro da partida entre Atlético-PR e Toledo, que terminou 1 a 0 para o Rubro-Negro, Edivaldo Elias da Silva, relatou na súmula do jogo a agressão do atacante Marcelo Ramos no zagueiro Ciro.

 

ÁRBITRO RELATA SOCO DE MARCELO RAMOS
O árbitro da partida entre Atlético e Toledo, que terminou 1 a 0 para o Rubro-Negro, Edivaldo Elias da Silva, relatou na súmula do jogo a agressão do atacante Marcelo Ramos no zagueiro Ciro. A confusão ocorreu instantes após a vitória sobre o Porco, pela primeira partida da semifinal do Estadual.

 


Últimas Notícias