19 abr 2008 - 10h54

Vem aí o 3-6-1 atleticano

O Atlético terá novidades táticas para o jogo decisivo deste domingo diante do Toledo Colônia Work, no Estádio Municipal 14 de Dezembro. Podendo perder por até um gol de diferença para garantir a vaga na final do Campeonato Paranaense, o Rubro-Negro reforçará a atenção na marcação e explorará as jogadas de contra-ataque. Com isso, o atacante Willian perde a vaga na equipe titular, Netinho volta ao meio-campo e o time terá um lateral-esquerda de ofício.

"Colocaremos um lateral-esquerda de origem, deslocando o Netinho para o meio-campo. Com isso, vamos entrar com o Michel, atuando praticamente no 3-6-1, apenas com o Marcelo centralizado na frente", declarou o técnico Ney Franco após o treinamento realizado nesta quinta-feira no CT do Caju.

A proposta tática do treinador é a seguinte: criar um sólido sistema defensivo, com três zagueiros (Rhodolfo, Antonio Carlos e Alex Fraga) e dois volantes (Valencia e Alan Bahia), e investir nas jogadas de contra-ataque. Isso significa que o time terá jogadas ensaiadas para partir rapidamente em direção ao gol do Toledo quando houver a tomada da posse de bola. Quando o time da casa estiver com a bola, o Atlético fará uma barreira para proteger a meta de Vinicius. Se o goleiro não for vazado, a vaga na final estará garantida.

Alas liberados

Com cinco jogadores para proteger a defesa, o Atlético terá alas mais ofensivos. Ney Franco avisou a Nei que ele tem liberdade para avançar e eventualmente fazer jogadas até pelo centro do campo, para confundir a marcação adversária. Na outra ala, o técnico ainda não confirmou quem será o titular. Piauí e Michel disputam a posição. O certo é que o camisa 6 também terá autorização do técnico para ser bastante ofensivo.

Polivalentes

No 3-6-1 esboçado por Ney Franco, dois jogadores assumem funções muito importantes: Pimba e Netinho. Os dois terão de se desdobrar, atuando em funções diferentes. Quando o Atlético estiver com a bola, a idéia é que os dois joguem praticamente como atacantes, colaborando com Marcelo Ramos. Na hora de defender, eles recuarão e comporão o meio-campo ao lado dos volantes Alan Bahia e Valencia.

O técnico disse que tanto Pimba quanto Netinho foram muito bem nos treinos. Netinho atuou pelo lado esquerdo, trabalhando sempre com o lateral e jogando pela ponta. Pimba ficou pelo lado direito do campo. Ney Franco quer ainda o atacante Marcelo Ramos jogando bem centralizado, como um autêntico centroavante. Desta forma, ele prenderá a marcaçãoe possibilitará os avanços de Pimba e Netinho pelos lados do campo.

"Sem a posse de bola, os dois [Pimba e Netinho] voltam a compor o meio-campo. Com a bola, por termos três zagueiros e dois volantes que marcam forte, os meias abrem cada um de um lado para ter o apoio dos alas. O Marcelo centraliza e fica como opção de área”, explicou Ney.

Escalação

O Atlético jogará com a seguinte formação na partida decisiva contra o Toledo: Vinicius; Nei, Rhodolfo, Antonio Carlos, Alex Fraga e Michel; Valencia, Alan Bahia, Pimba e Netinho; Marcelo Ramos. Este esquema tático foi adotado pelo time no jogo contra o Paraná Clube, no segundo turno da segunda fase. O Furacão venceu por 1 a 0, com gol de Alan Bahia.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…