29 abr 2008 - 13h23

Clube esclarece situação de Ferreira

O Atlético divulgou há pouco uma nota de esclarecimento sobre a possibilidade de o meia Ferreira, que está emprestado ao futebol árabe, retornar ao Rubro-Negro para a final, deste domingo, contra o Coritiba. Segundo o clube não existe nenhuma chance de isso acontecer já que o contrato de Ferreira vai até o dia 10 de junho.

Confira abaixo a nota publicada pelo Atlético:

Ferreira não voltará para o CAP na final

Ao contrário do que foi divulgado pela imprensa, contrato vai até 10 de junho.
O torcedor atleticano está sendo induzido a erro pela imprensa do Paraná. O atacante Ferreira, que foi destaque nas primeiras partidas do Clube Atlético Paranaense pelo Campeonato Estadual, não poderá voltar para a partida decisiva contra o Coritiba, no próximo domingo, na Arena.

A informação, ventilada pelo jornal Gazeta do Povo e por algumas rádios locais, é infundada. "Não existe a menor condição dele voltar neste momento. A torcida precisa estar consciente de que a possibilidade inexiste e que estão tentando criar fatos partindo de uma premissa que não é verdadeira", ponderou Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Clube Atlético Paranaense.

Basta entrar no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para verificar que o contrato de Ferreira vai até o dia 10 de junho, portanto não poderá ser escalado para qualquer partida no Atlético Paranaense até o final do contrato com o Al Shabab Al Arabi Club. O colombiano David Arturo Ferreira Rico, de 29 anos, foi emprestado no dia primeiro de fevereiro e poderá voltar -caso não seja transferido definitivamente- a partir do dia 11 de junho.

Ferreira está no elenco do Atlético Paranaense desde o dia 10 de maio de 2007 (sic). O contrato dele com o rubro-negro vence em 31 de dezembro de 2008. Mesmo longe, na semana passada, o jogador conversou com o elenco para desejar boa sorte a todos os atletas nas finais do Campeonato Paranaense.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…