30 abr 2008 - 22h07

Nos Emirados Árabes, Ferreira está na torcida pelo Furacão

Ídolo da torcida atleticana, o meia David Ferreira se une a todos os rubro-negros na torcida pelo Furacão na final do Campeonato Paranaense. O jogador, que está emprestado ao Al-Shabab até julho, confessa que acompanha os jogos do Atlético pela internet e que acredita na força do grupo atleticano para reverter a vantagem obtida pelo Coritiba no primeiro jogo da final. “Sempre tento ouvir os jogos na internet. Cheguei até a tentar ver as últimas transmissões pelo site oficial do Atlético. Minha esposa inclusive brincou comigo que parece que eu sofro mais ouvindo o jogo do que quando estava jogando. Tenho certeza que poderemos reverter. Temos um grupo muito bom e uma grande comissão técnica. O Coritiba tem uma vantagem muito grande. Mas depois de uma semana de trabalho muito forte e com o apoio da torcida, tenho certeza que seremos campeões. Vou torcer muito pelo Atlético, por meus companheiros e a comissão técnica. Tenho fé que realizaremos um bom jogo”, afirmou o jogador em entrevista ao jornal Tribuna do Paraná.

Ferreira aproveitou para mandar um recado aos seus antigos companheiros de clube. “Pensem que este é o último jogo da sua vida. Pensem que vão ganhar todas divididas, acertar todos os lances. Que lembrem do primeiro jogo, onde depois de apenas uma semana de pré-temporada fizemos uma grande partida e vencemos por 2 a 0, fora de casa. Com a qualidade que temos e com muita dedicação durante a partida, teremos todas as condições de reverter o placar e conquistar este título tão importante”, disse. Ele também salientou a importância do apoio da torcida nessa decisão. “Quando a Arena fica lotada, com o apoio da torcida, é quase impossível perdermos. Se as coisas estiverem difíceis, é importante que a torcida continue apoiando. Assim, com certeza o time será mais forte e poderá reverter esse placar. A nossa torcida é fundamental. Com a união do nosso estádio lotado, com a força de nossa torcida, com os atletas ligados, seremos campeões. O torcedor do Atlético já nos ajudou a reverter situações muito difíceis. Não há motivos para dúvidas. Eu acredito!”, disse o meia.

Sobre um possível retorno ao Furacão, Ferreira disse que ainda não sabe qual será o seu destino, mas não escondeu a satisfação em poder voltar a vestir as cores rubro-negras. “Eu fico na expectativa, porque estou sempre pensando no Atlético. Estou ansioso para saber o que vai acontecer. Tenho que cumprir meu contrato aqui. Depois, se voltar, não terá nenhum problema. Será um orgulho. Tenho muito respeito e gratidão ao Atlético. Estou tratando de fazer o meu melhor aqui e, se voltar, estarei pronto para defender o Atlético no Campeonato Brasileiro”, disse.

Clique aqui e acompanhe a íntegra da entrevista, publicada na edição desta quarta-feira na Tribuna do Paraná.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…